Um dos meus maiores desejos sempre foi conhecer castelos, agora, morando na Europa, essa se tornou uma das minhas metas. Entrar neles nem sempre é possível, já que quando somos viajantes temos que definir prioridades, seja em razão do tempo, ou qualquer outro motivo. Se bem que, isso nem sempre é ruim, já que se torna uma desculpa para voltar outras vezes.

Entre os castelos que sempre sonhei conhecer, e provavelmente o mais fotografado na Alemanha, se não no mundo, é o Castelo de Neuschwanstein. Situado no sul da Baviera ou Bavária como alguns preferem dizer, o Castelo que inspirou o Walt Disney, foi construído em 1869 para o Rei Ludwing II, conhecido também por ser o Rei Louco.

O projeto do castelo era algo tão grandioso que o rei chegou a morrer antes mesmo da obra ser finalizada. E logo, alguns meses após sua morte o Castelo foi aberto para visitações e por esse motivo também apenas alguns cômodos podem ser visitados por dentro.

Para se chegar até ele a forma mais comum é partindo de Munique, para fazer esse trajeto um bom meio de transporte é o trem, que demorará em torno de 2 horas para chegar. Você pode comprar os seus tickets de trem neste site (clique).

Lembre-se de selecionar a opção de ida e volta (return journey), München – Füssen, para economizar na passagem.

Outra opção na qual eu acredito ser ainda melhor é alugar um carro, o trajeto de 125km pode ser feito facilmente em 1h40min, mas provavelmente você irá levar mais tempo, já que estando de carro você tem a possibilidade de parar quantas vezes quiser no caminho para tirar belíssimas fotos. A Alemanha sendo um país lindo, provavelmente será bem tentador realizar essa viagem de carro.

Então caso essa for sua opção, lembre-se de dedicar mais tempo, ou então seja bem focado no trajeto e assim conseguirá ir e voltar no mesmo dia.

A minha opção, que também será minha dica de hoje, é fazer esse passeio partindo de Garmisch-Partenkirchen, que se por acaso você não conhece ainda, irei escrever um outro post relatando minha experiência por lá e provavelmente você irá querer incluir esse novo destino na sua próxima viagem a Alemanha.

Voltando ao roteiro, chegamos em Garmisch no dia anterior ao nosso passeio para o Castelo, assim que chegamos na cidade fomos a procura de um ponto turístico para nos informarmos sobre horários. Pela informação que nos deram, havia dois horários de ônibus logo pela manhã, sendo o primeiro às 7:30 e o segundo às 9:00. Como o trajeto leva mais de 1h decidimos acordar cedinho e ir com o primeiro ônibus, para assim aproveitarmos bem o dia.

Fomos para o hotel descansar e de manhã cedinho já estávamos na rua. A cidade de Garmisch é bem pequena, o ônibus que faz esse trajeto sai da própria estação de trem que também é a estação rodoviária, minha dica é comprar o ticket de ida e volta que vale para o dia todo. Você pode comprar diretamente com o motorista do ônibus.

Foto-01-Neuschwanstein
Esse é o ônibus na estação rodoviária, e essa é a vista das montanhas de Garmish. Como vocês podem ver o dia estava lindo até então.

O ônibus é confortável e as paisagens são maravilhosas. O dia estava lindo quando saímos do hotel, ficamos super empolgados, mas quanto mais nos afastávamos de Garmisch mais o tempo fechava, chegamos até a ver geada no caminho.

Após aproximadamente uma hora de estrada o ônibus chegou no ponto final e lá você precisa esperar o próximo ônibus com destino a Füssen. É tudo bem organizado e bem tranquilo, em menos de 10 minutos você já está no próximo ônibus, com mais meia hora de viagem para chegar ao destino.

O motorista sempre avisa, então é bem tranquilo mesmo. Nesse tempo de espera de 10 minutos ainda conseguimos tirar essa foto de cima de uma ponte perto do ponto de ônibus.

Foto-02-Neuschwanstein
Foto tirada em cima de uma ponte no ponto final partindo de Garmish. A ponte é bem alta e foi preciso dar um zoom para tirar essa foto.

Quando chegamos no nosso destino final e descemos do ônibus, o tempo estava bem nublado, mal dava para ver o castelo no topo da colina. Não vou negar que fiquei bem chateada, até porque tinha checado na previsão e o tempo era para estar ensolarado.

Foto-03-Neuschwanstein
Vista do castelo com neblina assim que chegamos.

Fomos em direção aos castelos e já na subidinha da estrada tem a bilheteria, para quem desejar comprar os ingressos para visitar o interior dos castelos. Vale lembrar que é bem comum ter uma fila enorme para a compra dos ingressos, por essa razão, recomendo comprar antecipadamente pela internet usando esse site (clique).

Outra informação importante antes de comprar o seu ticket é que o mesmo te dá direito a uma visita guiada pelo castelo, por isso possui horário marcado. Caso não chegue a tempo para o horário pré-agendado, você não conseguirá usar em outro horário, ou seja, terá que enfrentar a fila para comprar um novo ingresso. Fique atento!

Como não contávamos com tempo para visitar o interior, decidimos seguir em frente. Foi então que tive minha segunda tristeza do dia, a tão famosa ponte Marienbrücke de onde se tem a melhor vista do Castelo Neuschwanstein, na qual eu poderia tirar minha tão esperada foto de cartão postal, estava fechada para reformas.

Ou seja, nenhum turista poderia ir até lá, nessa hora eu já estava quase pensando em voltar para Garmisch e abortar a missão de ver o Castelo. Mas como viajar é sempre uma caixinha de surpresas resolvemos seguir em frente. Foi então que surpresas boas começaram a aparecer.

No final da rua tem um lago, sabe aqueles lagos que são lindos e que você mal consegue descrever uma cor para a água? Desse tipo mesmo. Infelizmente minha câmera não era das melhores, por isso não consegui registrar a cor também, mas é lindo. Fica um convite para você conhecer pessoalmente e quem sabe me dizer qual é a cor ☺

Foto-04-Neuschwanstein
De frente ao lago você pode decidir em ir em direção ao castelo a sua esquerda, ou então ir a sua direita seguindo para o Palácio de Hohenschwangau onde o Rei Ludwing II morou por todos os anos na espera do seu tão sonhado castelo. Nós optamos fazer o Palácio primeiro e seguimos uma rua ao lado do lago. Caso você tenha tempo, vale a pena fazer esse caminho também, pois durante a subida que demora em torno de 15 minutos, tem umas pequenas trilhas. Entre em pelo menos uma delas, a visão do lago lá de cima é ainda mais bonita.

Foto-05-Neuschwanstein
Vista do lago entrando em uma das trilhas em direção ao Palácio.

O Palácio de Hohenschwangau é bem bonito por fora, mas pelo que eu tinha perguntado para as pessoas não valia a pena entrar. Tiramos algumas fotos por fora, e descemos pelo caminho normal que sai praticamente no estacionamento. No meio desse caminho tem uma capela super pequena, mas que resolvemos entrar e agradecer por mais um dia. Pedimos também para ter sorte e o dia melhorar.

Foto-06-Neuschwanstein
Lateral do Palácio.
Como o dia continuava muito fechado e o castelo principal que é mais no topo da alto ainda estava encoberto pela neblina, decidimos fazer uma pequena mudança de plano e ir até o centro de Füssen, como tínhamos o ticket free para o dia todo, resolvemos pegar um ônibus e conhecer o centro da cidade, comer algo e voltar a tarde para tentar a sorte antes de irmos embora.

O centro de Füssen é bem pequeno, mas bem charmosinho também. Com o tempo fechado e o frio que fazia, resolvemos dar uma olhada só pelo centrinho mesmo, entramos na igreja principal, e depois decidimos parar para comer e tomar um chocolate quente.

Foto-07-Neuschwanstein
Rio no centro de Fusen. Olha a cor dessa água, se não fosse pelo frio e os casacos daria para dizer que estava na Tailândia ☺

Voltamos para tentar ver o castelo novamente já era passado um pouco da 1h da tarde e o tempo começava a querer melhorar. O tempo de subida até o Castelo Neuschwanstein é de aproximadamente 25 minutos e quanto mais caminhávamos em direção ao castelo mais as nuvens se afastavam e o nossa esperança aumentava. Chegamos no castelo e já dava para ter uma vista linda lá de baixo.

Foto-08-Neuschwanstein
Vista do primeiro mirante logo que chega no Castelo.

Foto-09-Neuschwanstein
Foto-10-Neuschwanstein
Foto-11-Neuschwanstein
Foto da ponte interditada.

Tiramos algumas fotos do castelo, vimos a ponte que estava interditada e vimos também algumas pessoas próximo a ponte. Foi ai que decidimos nos aventurar e ver se conseguimos chegar onde aquelas pessoas estavam. Seguimos no caminho em direção a ponte e no final antes de chegar na ponte, havia uma trilha, e apenas algumas pessoas assim como nos estavam indo por ela.

Com certeza ir para Neuschwanstein e não ver o castelo do ponto de vista da ponte ou dessa trilha que fizemos não é a mesma coisa. Para a sorte e segurança de todos a ponte já está ativa novamente, porém caso um dia precise fazer a trilha, lembre-se de usar um calçado confortável e seguro, pois o caminho é pela montanha mesmo, e precisa cuidar bastante para não cair.

Por fim o nosso esforço valeu a pena, o caminho é lindo e a vista é incrível, e pelo fato de poucos se arriscarem na trilha, dá para ter aquele minutinho de silencio apenas admirando a paisagem com um sorriso bobo no rosto rsrs.

Para finalizar nosso passeio, quase que não conseguimos tirar a tão desejada foto de cartão postal, pois estávamos no meio do mato, e a luz não ficava boa, ou aparecia nós ou o castelo rsrs, e no meio das nossas tentativas fracassadas em regular a nossa máquina, eis que aparece um casal com aquelas máquinas gigantes, que você não faz nem ideia como liga. Eles eram da Rússia, e um deles era fotógrafo profissional que se ofereceu para tirar nossa foto e depois nos enviou por email, sem nos cobrar nada.

A foto ficou tão boa que parece uma pintura não é mesmo? rsrs.

Foto-12-Neuschwanstein
Eu e meu marido na nossa foto de cartão postal.

Já era perto das 6horas e decidimos voltar, no ponto de ônibus encontramos um casal americano super fofos que nos garantiram que deveríamos esperar o ônibus daquele lado da rua onde eles estavam. Não fazia muito sentido pegar o ônibus do mesmo lado que descemos, mas acabamos acreditando neles e acabamos perdendo o nosso ônibus hehe. Enfim, eles se sentiram super mal, mas essas coisas acontecem e ficamos nós ali esperando pelo próximo ônibus por mais de 1 hora. Chegamos de volta a cidade mais tarde do que tínhamos planejado, e famintos.

Em resumo desse dia, o que posso dizer é que a fé pode mover tempos nublados, que uma ponte bloqueada pode te dar um caminho ainda mais lindo e com direito a conhecer pessoas incríveis. E isso tudo fez com que o fato de perder o ônibus no final do dia não fosse nada.

Dicas:

  • Sempre tenha os nomes dos lugares escritos em um papel, ou um bloquinho de notas. Nem sempre sabemos pronunciar corretamente as palavras, e na dúvida é melhor mostrar o nome para as pessoas e assim elas podem te ajudar com as direções;
  • Lembre-se de escrever o nome dos lugares na língua local, por exemplo castelo em Alemão é schloss;
  • Use roupa e calçados confortáveis, mesmo no inverno, após uma subida de 25 minutos você vai estar cansado e provavelmente sentirá calor, e se tiver com casacos fáceis de tirar fica mais prático o seu passeio;
  • Se a subida de 25 minutos for muito cansativa para você, você pode optar e subir de charrete;
  • Sempre se certifique sobre os horários dos ônibus, e locais de espera com o pessoal local, ou nos pontos de informações. Muitas vezes os turistas podem te ajudar, mas algumas vezes eles podem estar tão perdidos quanto você;
  • A melhor vista do castelo é da ponte Marienbrücke, por isso dedique um tempo e siga as instruções para chegar até a ponte;
  • O castelo é lindo em todas as estações do ano, porém caso esteja planejando visitar durante o inverno, além do dia ser mais curto, se tiver muita nevasca a ponte pode ficar interditada;

E ai gostou do meu dia no Castelo? Deixe nos comentários qual é o seu castelo dos sonhos em conhecer. E se já visitou algum, compartilhe comigo para que eu possa adicionar na minha lista de lugares à visitar. Irei adorar ler seus comentários.

Booking.com
Booking.com
Booking.com
Booking.com

3 Comentários

  1. Que linda sua história! Adorei viagem um pouco com você….com não viajo pra mim é muito bom ler seus conhecimentos.fico feliz por vocês bjos

DEIXE UMA RESPOSTA