Foz do Iguaçu é um município localizado no Paraná e que faz fronteira com o Paraguai e a Argentina, além de ser mundialmente conhecido por suas paisagens inesquecíveis. O local, que encanta os turistas com suas opções de passeios, possui também uma diversidade cultural incrível, sendo possível encontrar cerca de oitenta nacionalidades diferentes vivendo na cidade, com destaque para os originários da China, Líbano, Argentina e Paraguai. Além disso, por ser uma região de fronteira, você ainda tem a possibilidade de visitar tanto o Paraguai, como a Argentina e desfrutar dos atrativos das cidades fronteiriças.

Source: Wikimedia

Não dá para falar de Foz do Iguaçu e não mencionar o Parque Nacional do Iguaçu. O parque fica na fronteira entre Brasil e Argentina, foi criado em 1939 e tombado pela UNESCO como Patrimônio Mundial Natural em 1986. Ele protege e abriga uma riquíssima biodiversidade e é dentro dele que está localizada as Cataratas do Iguaçu, considerada uma das 7 Maravilhas da Natureza. Visitar o parque é uma experiência de imersão na natureza, em que é possível caminhar em trilhas no meio da mata que passam por diversos mirantes, vislumbrar a beleza das Cataratas, além da possibilidade de desfrutar da extraordinária experiência de tomar um refrescante banho em suas deslumbrantes quedas d’água na atração adicional do Macuco Safari. O parque oferece um ótima estrutura para os turistas, contendo estacionamento, hotel, ônibus internos, praça da alimentação, além de diversos passeios adicionais, como trilhas que podem ser feitas de bicicleta ou caminhando, passeios de barco, rafting, rapel e muito mais.

Source: Wikimedia

Bem próximo ao Parque Nacional, está o Parque das Aves, atração que também vale muita a pena visitar. O local abriga cerca de 143 espécies de aves diferentes e possui mais de 1.302 pássaros, sendo também o lar de sucuris, jiboias, jacarés e saguis. O Parque das Aves possui 16,5 hectares de Mata Atlântica e preocupa-se com a conservá-la da melhor maneira para proporcionar aos animais o melhor habitat possível. Com viveiros integrados à floresta, o visitante poderá adentrá-los e ver bem de perto aves tropicais e coloridas, além de também poder conhecer o borboletário local.

Source: Wikimedia

Outro ponto de parada obrigatória em Foz do Iguaçu é a Usina Hidroelétrica de Itaipu, a maior geradora de energia elétrica do mundo e a segunda maior em tamanho, sendo considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis. A Usina de Itaipu é binacional e pertence ao Brasil e ao Paraguai. Quem vai o complexo pode optar entre a visita panorâmica, em que se tem uma vista de perto e de vários ângulos da barragem de 7.919 metros de extensão, ou fazer o chamado circuito especial, em que é possível conhecer a usina por dentro, ou ainda visitar o Refúgio Biológico Bela Vista, o Ecomuseu, o Polo Astronômico, o Porto Kattamaram e também assistir à Iluminação da Barragem.

Source: Wikimedia

O Marco das Três Fronteiras foi recentemente revitalizado e seu mirante proporciona uma vista da tríplice fronteira: Brasil, Argentina e Paraguai. Cada nação possui um obelisco pintando nas cores da bandeira do seu respectivo país e que é possível ser visto de qualquer dos três países, além de também proporcionar a vista do encontro dos Rios Iguaçu e Paraná. No local, você encontrará um parque e um restaurante, além da loja de lembranças. Além disso, ali, o pôr do sol é especialmente belo.

Source: Wikimedia

Para quem gosta de fazer compras, um pulinho na Ciudad del Este, no Paraguai, é indispensável. Com centenas de lojas e produtos, cruzar a Ponte da Amizade vale a pena para quem procura bons preços. Lá você encontrará desde produtos eletrônicos, a brinquedos, perfumes, roupas de grife, maquiagens, comidas e muito mais com preços, normalmente, mais baratos que no Brasil e a maioria das lojas aceitam pagamentos realizados tanto em Real quanto em Dólar.

O lado Argentino também proporciona ótimas experiências para os turistas visitantes de Foz do Iguaçu, pois além do Duty Free, a cidade de Puerto Iguazú, destaca-se por sua vida noturna, em que é possível visitar a feirinha e encontrar deliciosos queijos, azeitonas, doces de leite e os famosos alfajores, ou apreciar refeições incríveis por um preço mais acessível do que no Brasil em uma grande variedade de restaurantes, cafés e bares.

Para os amantes de esportes, a cidade é a casa da Seleção Brasileira de Canoagem Slalom e, muitas vezes, recebe campeonatos internacionais de canoagem no Canal da Piracema, localizado na Usina de Itaipu. Além disso, Foz do Iguaçu frequentemente é sede de edições do Brazilian Series of Poker – BSOP – e, este ano, também recebeu o BSOP 100, a etapa comemorativa do torneio por alcançar 100 edições desde que começou quase uma década atrás. A beleza das Cataras do Iguaçu também foi o motivo que trouxe uma edição dos X Games, em 2013, para a cidade, tornando-se o maior evento de esportes radicais já realizado no Brasil, com um público estimado de 60.000 pessoas. E se você gosta de adrenalina, é possível fazer um salto duplo de paraquedas e ainda apreciar uma vista de tirar o fôlego.

Por fim, a melhor temporada para visitar a cidade talvez seja nos meses de março, abril, maio, setembro e outubro, pois são as épocas em que a temperatura está mais agradável e a cidade não estão cheia de turistas. No verão, o calor é intenso, chove bastante e o fluxo de visitantes aumenta, assim, é preciso reservar o hotel com antecedência. Já no inverno, prepare-se para o frio, pois as temperaturas caem bastante e, por ser época de férias, a cidade também tende a ficar mais cheia, por isso, também é preciso reservar hotel com antecedência.

Ficou a fim de conhecer Foz do Iguaçu? E você que já conhece o que mais gostou de fazer? Deixe seu comentário abaixo!

Booking.com
Booking.com
Booking.com
Booking.com

DEIXE UMA RESPOSTA