Quando falamos em viajar de forma econômica, automaticamente nos vem na cabeça os “hostels” (albergues) não é mesmo? Bom, isso é coisa do passado, a forma mais econômica de se hospedar em viagens hoje em dia é o famoso “quartinho”. Se você está viajando com mais pessoas poderá inclusive alugar casas e apartamentos.

Embora o Airbnb ofereça muito mais do que quartos, no quesito economia será assim que conseguiremos ficar bem hospedados pagando pouco.

O que é ao final Airbnb? Um serviço intermediário de aluguel temporário entre proprietários e turistas. O site expõe na internet todas as ofertas com suas devidas informações, regras e exigências para que os turistas possam fazer suas reservas.

No site você encontrará de tudo: casas, apartamentos, flats, suítes, quartos e até “sofá-cama” na sala. É, em alguns casos você irá compartilhar com o próprio dono da casa, uma experiência muito interessante para enriquecer seu vocabulário e também fazer amizades.

Quer dicas mais interessantes do que aquelas dadas pelos habitantes locais?

Airbnb: alugue quartos, apartamentos ou casas no exterior

O vídeo acima (em inglês) irá lhe explicar exatamente o que é o serviço Airbnb, que oferece ao turista diversas opções de hospedagem de acordo com seu gosto e bolso. Diferente de se hospedar em um hotel barato ou albergue, a experiência Airbnb é muito mais completa pois você terá a liberdade de se sentir residente naquele destino, pelo menos por um curto tempo.

Ao alugar um apartamento ou casa completos você poderá lavar suas roupas, deitar em seu sofá da sala para descansar, passar um momento família, cozinhar após visitar um supermercado local, tomar café da manhã sem pressa e sem surpresas.

Embora muitas pessoas pensem que isto não é importante, o fato de poder contar com uma máquina de lavar roupas já faz você viajar mais leve, com menos malas, o que é fundamental para se locomover mais facilmente.

Poder ter um espaço só para você e sua família também é importante, pois após alguns dias de viagem é preciso sentir-se em casa para recuperar suas energias.

Cozinhar vai da escolha de cada um, mas volto a dizer que estou falando em economia, as vezes é legal sair, outras é fundamental cortar gastos para aproveitar ainda mais os passeios e atrativos do destino escolhido.

Ao alugar um quarto, você terá seu espaço dentro da casa de algum residente local, isso lhe abre muitas portas, poderá ter alguém para perguntar informações, compartilhar uma taça de vinho, etc. Mesmo alugando somente um quarto é comum você poder utilizar a cozinha, sala e a máquina de lavar roupas.

Como realizar uma reserva no Airbnb?

Aqui entra a grande diferença entre o Airbnb e um hotel ou albergue, acontece que você irá lidar diretamente com o proprietário, você irá entrar em sua casa, terá ao seu dispor todas as coisas dele.

Não é assim, chegar chegando, achar que é só pagar e pronto. No Airbnb há uma política de relação prévia à reserva, você se apresenta, conta o que irá fazer na cidade, pergunta se ele lhe aceitará em sua casa.

O proprietário terá até 24 horas para responder se aceita ou não seu pedido. Embora você não precise dominar o inglês para isso, pelo menos deverá caprichar e colocar no tradutor.

CUPOM: $20 de desconto em sua primeira reserva no Airbnb (clique aqui)

Minhas experiências recentes foram as seguintes:

  • Reserva para Zurique -> proprietária não respondeu e o pedido expirou (não houve reserva nem cobrança);
  • Reserva em Paris -> proprietária respondeu avisando que poderei entrar somente após 18h30 pois ela trabalha, aparentemente vamos fechar proprietária confirmou – reserva fechada;
Já me hospedei com o Airbnb em Nova Iorque, onde alugamos um apartamento enorme no Brooklyn, éramos um grupo de amigos, apartamento de dois andares e ainda um terraço com vista de invejar para Manhattan.

Em geral as experiências são muito boas, ainda, soube recentemente que nossa amiga blogueira Cristina Rosa (Sol de Barcelona) recebe pessoas em sua casa (Barcelona) através do Airbnb, uma forma de interagir com os turistas e fazer um dinheiro extra.

Passo-a-passo, como fazer reserva:

  • Entre no site Airbnb (clique aqui);
  • Escreva a cidade onde quer ficar (pode ser a região, bairro, etc.);
  • Informe a data da entrada (check-in) e da saída (check-out);
  • Informe também a quantidade de hóspedes;

airbnb-cidade-datas-guests

Filtre os resultados de acordo com o que está buscando, casa completa (Entire Place), alugar um quarto (Private Room) ou alugar uma cama em quarto compartilhado (Shared Room).

airbnb-filtros-hospedagem

Os resultados abaixo serão incríveis, é muito bacana como eles são apresentados, com o mapa no lado direito. Fotos belas e o preço pela diária, utilizar o Airbnb é um excelente método para conseguir hospedagem econômica ao redor do mundo.

airbnb-resultados-hospedagem

Em minha simulação para Berlin, um quarto privado pode sair a partir de $30 / noite, não há hotel por menos estrelas que tenha por este preço. Lembre-se, você estará na casa de um habitante local e poderá trocar uma ideia com ele, perguntar alguma recomendação, lavar suas roupas, ter acesso à internet e contará com um chuveiro quente e uma cama limpa para dormir.

No mapa da direita você vê as etiquetas com preço e localização, então assim poderá fazer a conta do melhor custo benefício, considerando se precisará usar muito o transporte público ou se estará perto do centro.

airbnb-detalhe-apartamento

Escolhi na lista da esquerda um com preço $49 / noite, uma foto impecável de um lugar muito charmoso, ao abrir a descrição encontrei as informações:

  • Martina é o nome da dona;
  • 10 pessoas já deram nota para o lugar, que tem 5 de 5 estrelas;
  • É um quarto privado;
  • Aceita até 3 pessoas;
  • Tem duas camas;

airbnb-informacoes-foto-apartamento

O apartamento é realmente lindo e você pode ver as fotos acima, ainda temos a informação de que cada pessoa extra paga somente 11 dólares a mais, podemos usar a cozinha, internet, oferece toalhas, champú, máquina de lavar roupas, máquina de lavar pratos, aceitam animais (!!!), possui interfone, etc.

Ainda, a proprietária informa que pode dar dicas muito úteis sobre Berlin. Aceita somente reserva para dois ou mais dias, o ônibus para em frente e existe estação do metrô a 10 minutos.

Por último e talvez o mais importante, estão as resenhas escritas pelas pessoas que já se hospedaram lá.

Cansou? É informação que não acaba mais, então, do lado direito há um lindo botão vermelho “Request to Book”, leia-se bem: pedir para reservar.

Claro, como falei não é assim querer chegar chegando, você ficará na casa de alguém, tem que perguntar educadamente “posso ficar aí”?

cupom-airbnbCUPOM: $20 de desconto em sua primeira reserva no Airbnb (clique aqui)

Ao clicar no botão vermelho “Request to book” você será levado para o último passo antes de solicitar a reserva. Acima a caixa onde você deverá escrever os dados do pagamento (cartão de crédito).

Abaixo o mais importante, uma caixa de texto onde você deverá se apresentar à proprietária, dizendo (até o site dá exemplos): fale um pouco sobre você, o que lhe trai à cidade, quem vem com você, o que você gostou neste apartamento / quarto / casa.

A apresentação é fundamental, então o proprietário terá até 24 horas para confirmar se lhe aceita ou não, fique atento pois ele poderá lhe enviar mensagens. O mais bacana é que você recebe um SMS quando ele o responde, o Airbnb é bem completo e isso vem me surpreendendo.

airbnb-se-apresente

Embora você já tenha inserido os dados do cartão, não será cobrado até que o proprietário confirme sua estadia.

Seja consciente de que tudo o que você fizer ali está a seu cargo, fiquei sabendo de histórias (não foi de brasileiros neste caso) de pessoas que “levam as toalhas”, “levam pequenos objetos”, gente isso além de feio vai ser cobrado no seu cartão depois.

A experiência Airbnb

Até hoje fiquei somente uma vez pelo Airbnb, foi nos Estados Unidos, mais precisamente no Brooklyn. O apartamento tinha dois andares, piso de madeira, móveis moderninhos, geladeira, fogão, tv com Roku (concorrência da Apple TV) para ver filmes, internet livre e de alta velocidade, ar condicionado, etc.

Estava à uma quadra da estação de trem, nos dava um acesso muito fácil para ir e vir a Manhattan e realizar nossos passeios. Foram 7 noites de hospedagem, tudo correu bem, a conversa com a proprietária foi bem tranquila e finalmente gostamos muito.

Nesta ocasião fui com um grupo de amigos, éramos 11 pessoas e contávamos com 6 quartos, isso mesmo, mas eram apenas 3 banheiros.

O custo foi ínfimo comparado com um hotel ou albergue em Nova Iorque, custou no total 32 dólares por noite por pessoa.

Se gostei? Adorei, por essa razão agora em minha próxima viagem estou focando no Airbnb, ainda mais depois dos depoimentos que recebi de amigos que ficaram neste serviço também, um dos casos é de meu próprio irmão Daniel que utilizou muito o Airbnb em sua última viagem à Califórnia.

No vídeo abaixo Daniel conta um pouco de sua experiência com o Airbnb:

Para que você tenha uma ideia do bacana que é isso, o Daniel teve ainda o privilégio de passear o cachorro da proprietária da casa, isso, ela saiu e pedir à ele se poderia levar o cão para fazer suas necessidades, foi bem interessante pois é uma experiência bem de residente local.

Para lhe ajudar neste momento de indecisão, vou lhe oferecer um cupom de 25 dólares de desconto em sua primeira reserva no Airbnb, um benefício que você não conseguirá em outro lugar, somente quem é membro do Airbnb pode convidar seus amigos e oferecer este benefício:

CUPOM: $20 de desconto em sua primeira reserva no Airbnb (clique aqui)

Considerações Finais

Se você está procurando um estilo diferente de hospedagem, que lhe permite maior liberdade ou ainda um preço mais em conta, o Airbnb é muito interessante. Se você quiser lavar roupas num hotel pagará uma taxa enorme, caríssimo, assim precisa levar muita roupa, peso, malas, estresse.

Em sua próxima viagem faça o teste, viaje mais leve, tenha uma experiência mais profunda, ficar hospedado em uma casa, um apartamento ou até mesmo um quarto se viajar sozinho ou com seu par perfeito, será uma experiência incrível.

Há que se provar de um tudo nesta vida, o Airbnb é daquelas experiências que demoramos para encarar, mas após quebrar o paradigma, nos apaixonamos e só temos olhos para isso.

Eu acredito que este serviço é um dos melhores da era da internet, pelo menos para nós, apaixonados por viajar.

Grande abraço, até já.

Booking.com
Booking.com
Booking.com
Booking.com

6 Comentários

    • Olá Andressa, como vai? Nunca ouvi nada ruim do AirBnb. Não sei como é viajar sozinha sendo mulher, eu pontualmente já me hospedei sozinho e saiu tudo bem, mas entendo sua preocupação. Em seu lugar, não me limitaria por medo, o serviço é bom e confiável, leia a resenha dos usuários da casa que escolheu e seja feliz. Um abraço.

  1. André, tenho uma dúvida. Não queria usar meu cartão de crédito por conta da variação enorme do dólar. Eu tenho cartão pré que uso em minhas compras internacionais como Ebay, Amazon. Basta eu ter o valor correspondente da cotação daquele dia e a compra é efetuada, sem susto da fatura, é como se fosse um cartão de débito. Será que posso usar como minha forma de pagamento? não consegui encontrar essa dúvida no site do Airbnb. Negociaria com o anfitrião e acertado o valor inseriria o “crédito” no cartão correspondente ao aluguel. Uma outra dúvida, quando fecho a reserva é que aparece o valor do imóvel? pois imagino que o valor informado em Real na busca, não é o preço em dólar, certo? Vou em agosto para Orlando e Miami. Muito bom esse passo a passo, me ajudou bastante.

  2. fiquei impressionado com as dicas, realmente vou aproveitar!
    é sério , posso alugar um ap no centro de Paris com certeza que não vai dar rolo?
    o pagamento é antecipado, como funciona ?
    Walter Esteves
    Auditor Fiscal

    • Olá Walter, como vai?
      Pois bem, é certo sim.
      Rolo? Olha, você irá tratar com uma pessoa que se dedica a isso (alugar seu ap), não deveria dar rolo se no mínimo você entender o básico do inglês e possa assim conversar com a pessoa para combinar local e hora da entrega das chaves.

      Sim, o pagamento é antecipado, mas existe a garantia. Se você “for enganado”, algo que é muito pouco provável, poderá solicitar seu dinheiro de volta no Airbnb.

      Relaxa que tudo vai dar certo, alugue sem medo.
      Até já.

DEIXE UMA RESPOSTA