Como conseguir vôos baratos de última hora

Não há pessoa no mundo que entenda perfeitamente as técnicas das companhias aéreas para fixar os preços das passagens de avião, muitos pensam que se adiantando e comprando com meses de antecipação conseguirão o melhor preço, mas nem sempre é assim, os vôos mais baratos podem ser conseguidos realmente de última hora.

Como disse anteriormente, não há ciência na hora de comprar passagens aéreas mais baratas, é tudo uma questão de paciência, sorte e sobretudo, conhecimento. Por essa razão, quero compartilhar com vocês algumas dicas para conseguir vôos baratos de última hora, aplicando estas dicas suas probabilidades de economizar dinheiro aumentarão exponencialmente.

Neste artigo lhes ensinarei como comprar vôos baratos de última hora, aproveitando algumas oportunidades que surgem.

Seja flexível com a data da viagem

Verdade seja dita, viajar barato é exclusividade de quem dispõe de tempo, encontrar um vôo barato com datas fixas é praticamente impossível.

Veja bem, quando você procura uma passagem em um site de companhia aérea, notará que um dia antes ou um dia depois sempre estará mais barato do que no dia que você dispõe.

Tente ser flexível, programe suas férias para elas serem mais baratas, não para que sejam em um dia exato, se você não é dono de seu tempo, se precisa de folga no trabalho ou das férias programadas, fale com seu chefe, converse sobre seus planos e consiga encaixar seu descanso em razão do preço que pagará para voar.

Use buscadores na internet e visite os sites oficiais

Procure passagens nas companhias aéreas tradicionais e também as menores, com custos reduzidos.
Procure passagens nas companhias aéreas tradicionais e também as menores, com custos reduzidos.

Existem duas formas de encontrar passagens aéreas mais baratas, uma delas é visitar o site da companhia e procurar pelas datas de seu interesse. Outra, é utilizar os buscadores de passagens aéreas, eles normalmente são vantajosos.

Nunca leve isso como regra, nunca procure passagens em somente um buscador ou somente no site oficial, tenha perseverança e paciência, faça a busca primeiro no buscador, veja quais são os vôos que estão disponíveis e depois compare com os preços que os sites oficiais destas companhias aéreas lhe oferecem.

Somente com o exercício da busca você poderá tirar vantagem e conseguir um melhor preço. Tome cuidado pois avisos como “melhor preço garantido” muitas vezes não é uma verdade absoluta. Alguns preços dos buscadores não incluem impostos, tenha cautela na hora de comprar uma passagem e compare muito antes de bater o martelo.

Tarefas:

Procure vôos na hora certa

Como os preços das passagens variam muito de um dia pra outro, de manhã para a tarde, encontrar o melhor preço é quase um jogo, você precisará batalhar muito para conseguir vencer essa luta contra as companhias aéreas. Saiba que estas empresas investem milhões de reais todos os anos para desenvolver sistemas que as tornam ainda mais lucrativas e descobrir como encontrar os melhores preços tem sido tarefa para poucos.

A recomendação em geral é buscar passagens entre 15h00 e 16h00 de Brasilia, mas é só isso? Não, estudos comprovam que as melhores passagens são encontradas entre 4 e 6 semanas antes da partida, é dizer, no máximo um mês e meio de antecipação. Isso não é uma regra, mas tem dado certo para muitos passageiros.

Viaje de noite ou de manhã cedo

A lei da oferta e da procura se aplica diretamente no cálculo do preço das passagens, por essa razão, a recomendação de voar em horários alternativos funciona muito bem, dê preferência aos vôos mais vazios, como os noturnos ou aqueles que partem de manhã bem cedo.

Claro, ao optar por esse tipo de vôo será muito comum que você tenha que acordar de madrugada para dirigir-se ao aeroporto, porém, se seu objetivo é conseguir um melhor preço na passagem essa é uma das formas mais acertadas.

Voe nos dias mais baratos

A escolha das datas de partida e chegada é fundamental para conseguir vôos baratos.
A escolha das datas de partida e chegada é fundamental para conseguir vôos baratos.

Voltando a falar da oferta e da procura, viajar na sexta-feira e voltar no domingo ou na segunda, não tem nada de econômico, a maioria das pessoas somente dispõe do final de semana para realizar viagens, por essa razão, o preço aumenta consideravelmente.

Está comprovado que os dias mais baratos para a partida e retorno são:

  • 1) Quarta-feira;
  • 2) Terça-feira;
  • 3) Sábado;

Nesta ordem, faça suas buscas, tente encaixar sua viagem para sair na quarta e voltar na terça, dessa forma você cumpre todos os requisitos para encontrar uma passagem aérea mais barata. Para a maioria das promoções você precisa hospedar-se no mínimo duas noites, permanecer ao menos um sábado, etc. Falarei mais sobre isso abaixo.

Fique atento aos tempos de estadia mínima e máxima

Como dizia, existem certas regras para que você consiga uma passagem de avião mais barata, são várias as regras que as companhias aéreas incluem em sua lista de promoções, vamos falar abaixo sobre as relacionadas com o tempo de estadia.

Estadia mínima: os preços mais baratos normalmente exigem que você fique no mínimo duas noites no destino, alguns inclusive pedem uma estadia de sábado, o motivo é simples, quem viaja a negócios não gosta nada disso.

Estadia máxima: essa regra é bastante válida para quem toma vôos internacionais, viagens longas geralmente encarecem o preço das passagens, algumas companhias aéreas exigem que você fique 30 dias ou menos para manter o preço reduzido das passagens.

Se puder viaje em baixa temporada

Procure passagens nas companhias aéreas tradicionais e também as menores, com custos reduzidos.
Essa é a regra de ouro, não há melhor forma de economizar do que viajar em baixa temporada. Encontrar passagens aéreas com preço reduzido em alta temporada é praticamente impossível, quebre o paradigma e planeje suas férias em períodos onde poucas pessoas estão viajando.

Mas há que se ter uma coisa muito clara, se você for para a Europa, precisa planejar a compra da passagem na baixa temporada do Brasil, o que conta no preço da passagem é a temporada no país onde você embarca, não no país ao qual você vai, não é maravilhoso?

Dessa forma você consegue viajar para o melhor período europeu, com clima agradável, aproveitando a baixa temporada brasileira e os preços mais baixos. Quando aqui é inverno lá é verão, tente evitar as férias de julho que também é considerada alta temporada no Brasil, procure vôos em março, abril, ou setembro e outubro, as chances dos preços serem mais baixos é muito maior que em outros períodos.

Não seja exigente com escalas e linhas aéreas

viajar-voo-passagem-barato-passaporte
Muitas pessoas ao viajar preferem os vôos diretos, outras evitam ao máximo trocar de companhia aérea durante o percurso, essas pequenas exigências são grandes vilãs na hora de conseguir um preço reduzido de passagens aéreas.

Tente ser menos exigente, se você está indo de férias considere tomar um vôo com escalas, eles podem oferecer uma tarifa reduzida, um bom exemplo que posso dar é um trecho que uso frequentemente:

  • ASU –> CWB
  • ASU –> GRU –> CWB

Viajar direto à Curitiba geralmente custa mais de R$1000 ida e volta, já pegando uma escala de algumas horas em São Paulo os preços caem pela metade.

Como falava sobre as companhias aéreas, as vezes uma combinação entre duas empresas resulta em um preço melhor a seu favor, quando utilizar um buscador de passagens aéreas sempre considere essa possibilidade.

Procure preços nos aeroportos vizinhos

É muito diferente tomar um vôo em Guarulhos do que Viracopos, mas no quesito conveniência o aeroporto vizinho é um grande vencedor, recentemente tomamos com meu irmão Alyson um vôo para São Paulo, utilizamos o aeroporto VCP, não tivemos nenhum inconveniente, o traslado para São Paulo foi gratuito e confortável, economizamos bastante ao fugir do aeroporto localizado dentro da cidade.

Outro exemplo que posso dar é dos aeroportos europeus, viajar para Veneza tem seu preço, mas se optar por Treviso ele pode ser reduzido, o mesmo acontece com Paris, pousar e decolar do Charles de Gaulle é bastante mais caro do que optar por seu vizinho Beauvais.

Quando fui à Paris optei pelo Beauvais, um vôo de Treviso (não Veneza) para Beauvais (não Paris) custou somente €17 por pessoa, acredita? Conveniência pura!

Viaje sozinho

Viajar sozinho é uma tendência nos dias atuais
Esse é um ponto muito delicado pois quase ninguém gosta de viajar sozinho, porém, é muito certo que na hora de conseguir embarcar num preço promocional viajar com mais de uma pessoa diminui muito sua possibilidade de um preço menor.

Principalmente quando você compra passagens de última hora, viajar sozinho pode reduzir muito o custo de seu vôo.

Essa regra não se aplica muito ao Brasil, já que em vôos nacionais praticamente não existe preço reduzido de última hora, eles aproveitam mesmo é para “meter a faca”, mas em vôos internacionais a regra é funcional e se mostra interessante.

Use e abuse das milhas

Tudo bem, você pode não ser um viajante frequente e com isso não acumula muitas milhas nos programas de milhagens das companhias aéreas.

Mas lembre-se que existem cartões de crédito com os benefícios de acumular milhas em compras comuns, seja no supermercado, no posto de gasolina, no shopping. Seja lá o que você estiver comprando ou pagando, suas milhas irão acumulando, com isso viajar mais barato deixará de ser um sonho e se tornará uma realidade.

Fale com seu gerente de conta e converse sobre qual cartão de crédito é mais conveniente no assunto “milhas aéreas”, ele certamente lhe indicará uma boa opção.

Se inscreva em boletins gratuitos com alertas por e-mail

A internet é um centro mundial de compartilhamento de informações, existem muitos sites e blogs que trabalham diariamente para lhe ajudar a economizar na hora de viajar, um bom exemplo é o Viagens Dicas que se dedica gratuitamente a compartilhar essa paixão.

Ao inscrever-se para receber novidades por e-mail, você garante que irá chegar em seu correio eletrônico os avisos de passagens aéreas em promoção assim que elas surgirem, somente assim você poderá ficar sabendo daquela promoção de última hora para aproveitar antes que ela acabe.

Se inscreva em nosso boletim e também no de outros sites brasileiros e internacionais, não considere estas atualizações como SPAM, é muito diferente receber os conselhos de “amigos” do que “propaganda das companhias e agências”.

Nosso boletim não irá lotar sua caixa de mensagens, somente enviamos um e-mail ao dia quando temos artigos novos no blog.

Seja social e aproveite os descontos de última hora

Da mesma forma que os boletins podem lhe avisar de promoções em sua caixa de e-mail, acompanhar sites e blogs da internet nas redes sociais pode lhe aumentar as chances de economizar em passagens aéreas.

Siga seus sites e blogs favoritos no Twitter, curta e acompanhe as atualizações no Facebook, estes canais sociais foram criados justamente para isso, para aproximar o público interessado em determinado assunto às informações relevantes que são publicadas na internet.

Considerações Finais

De forma alguma quero afirmar que estas dicas funcionam sempre, mas é o uso diário destas ferramentas e regrinhas que nos fazem aproveitar melhor nosso dinheiro na hora de encontrar uma passagem aérea com preço reduzido.

Economizar é sempre bom, tente incluir essas dicas em sua lista de afazeres quando estiver buscando uma passagem, lhe prometo que será de utilidade.

Debate:

  • Qual é sua estratégia de garimpo de passagens aéreas?
  • Prefere deixar tudo na mão da agência ou procura na internet?

Grande abraço, até já.

Referências: Nomadistas / Wikihow / FareCompare

23 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite André,
    Soube que existe um esquema referente pessoas que desistem da viagem de última hora, e nestes casos os preços são bem acessíveis. Sabes algo à respeito?

  2. André os vôos ida e volta no mesmo dia, de Goiânia para São Paulo são confiáveis? Tenho medo de ir e ter cancelamentos e eu não conseguir voltar no mesmo dia. O que vc acha?

  3. Olá! Gostaria de saber: se meu destino é Brittish Columbia (Canadá) devo fazer parada nos EUA, a fim de gastar menos com passagem? Me ajude, por favor!

  4. Olá André, excelente as dicas. Agora me tira algumas dúvidas por favor, eu quero me programar pra ir a Itália (Bari-Puglia) tem vôos direto para esse lugar ou eu tenho que ir pra Roma e de lá ir para esse lugar? E como seria esse transporte de Roma para Puglia? Outra coisa eu estou pretendendo ir em Dezembro/15 ou julho/2016 eu tenho que começar a pesquisar os vôos em 2 meses anterior? Eu gostaria de saber se não tiver eu fico uns 2 dias em Roma, mais uns 3 dias em Bari, mais uns 3 dias em Veneza. Eu pretendo mais ou menos uns 10 à 15 dias, quanto eu devo levar em dinheiro convertido já para o Euro, lembrando que não quero hotel de luxo, pra mim um quarto já está excelente, o que quero realmente é conhecer a cidade sem precisar ser um hotel 5 estrelas, um de 2 estrelas já está ótimo. Enfim eu acho que tenho muitas dúvidas não é?

    • Olá Marilene, como vai?
      Pela Alitalia você compra São Paulo – Bari, com parada em Roma, mas compra o percurso completo. Emite tudo junto, só faz escala.

      Se separar terá de comprar o transporte Roma – Puglia, é uma opção sua um voo ou trem.

      Até já.

  5. Dicas sensacionais, André !. Parabéns pelo blog. Estou embarcando para um Alemanha/Suíça via Frankfurt para rever amigos que atualmente moram em Stuttgat e Genebra. Nós adoramos viajar de carro, mesmo longas distancias. Estava em duvida sobre como nos deslocar mas vc já nos convenceu a faze-lo de carro. Já guiamos com freqüência no frio e em condições adversas (EUA, Chile, Canadá ), mas nunca na Europa. A viagem será de 20/01/14 a 05/02/14, chegando e voltando de SP via Frankfurt. Costumo alugar carros na Sixt e gostaria de sua ajuda:
    1)Vc acha que vale a pena o trajeto inteiro (Frankfurt/Stuttgat/Geneve/Frankfurt) com paradas diversas de carro ?.
    2)Li que na Europa não há muita flexibilidade quanto ao fato de não usar equipamento para neve (pneus e correntes) e as multas são caras. Já faço a reserva?. Como foi tua experiência?.
    3)O esquema de abastecimento é igual ao americano?
    Desde já muito obrigado e Feliz 2014. Já guardei o blog nos meus favoritos kkk.
    Grande abraço.

    • Olá Eduardo, tudo bem?
      Uma pena ler sua mensagem quando o Sr. já está em viagem.

      Enfim, acredito que reservar ou até mesmo comprar a corrente de neve seja super necessário. As vezes comprar para o modelo do carro alugado custa mais barato que o aluguel das correntes.

      Sobre o trajeto, tudo bem, acredito que farão sem problemas algum, as rodovias européias são de primeira qualidade e tudo correrá bem.

      Sim, você mesmo faz o carregamento de seu combustível, em alguns postos pode pagar a mais para fazerem por você.

      Atenciosamente,
      André Darugna.

  6. Boa tarde, André!

    Já viajei pela WIZZ AIR no trecho Bergamo- Praga e gostei do atendimento. Na época, morava perto de MADRID,e comprei minha passagem com cerca de 30 dias, mas não pude conseguir um preço muito baixo, pois viajei em Agosto, ou seja, pleno verão europeu e férias por lá.
    Mas valeu pelas dicas.

    • Agradeço o comentário Sérgio, fico feliz com seu depoimento.
      Bom, quando você está na Europa e compra o trecho interno a alta temporada realmente influencia na subida do preço da passagem. A dica de aproveitar a baixa temporada é válida para o país de origem, ou seja, é mais barato viajar partindo do Brasil para a Europa no inverno brasileiro, verão lá.

      Grande abraço, obrigado por participar por aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA