8 conselhos para uma viagem inesquecível

Viajar é uma arte, alguns se sentem em casa dentro do avião, outros são marinheiros de primeira viagem, o fato é que a cada viagem que fazemos aprendemos lições, por esta razão no dia de hoje vou lhes dar 8 conselhos para uma viagem inesquecível, onde você poderá desfrutar de cada momento sem passar por constrangimentos.

Há alguns dias publicamos aqui no blog um artigo falando sobre os hábitos dos turistas altamente irritantes, o artigo conta como muitos de nós brasileiros e portugueses nos comportamos quando estamos fora de casa, o artigo de hoje seguirá a mesma linha, propondo uma reflexão sobre o tipo de turista que desejamos ser.

Chegar em outro país é como visitar a casa de um amigo, existem certas regras que devemos respeitar, não podemos chegar na casa de alguém e exigir que tudo seja como em nossas casas, do nosso jeito. Se assim fosse, não teríamos razão de viajar ao exterior, por isso, devemos nos adaptar, encarar as diversidades com gentileza, mostrar que temos educação e nos comportar como um convidado ilustre.

Conheça nossos 8 Conselhos para que sua viagem seja inesquecível!

1) Mostre que você tem educação já no avião

Com certeza viajar de avião não é uma das 7 maravilhas do mundo, o espaço é apertado, os assentos não oferecem aquele conforto (com exceção das classes diferenciadas) e você passageiro irá se cruzar com todo tipo de pessoa.

É importante exercitar a pessoa boa que há dentro de você para evitar constrangimentos ou desentendimentos, palavras simples como “bom dia”, “com licença” e “muito obrigado” são como um “visto” para o sucesso de seu vôo.

Interior de uma aeronave da TAM
Interior de uma aeronave da TAM

Os comissários estão para lhe servir, mas não são seus empregados, um pouco de cortesia irá fazer com que o atendimento oferecido por eles à você seja mais agradável e evitará estresse nestes momentos em que os nervos estão à flor da pele, depois de longas horas de viagem.

Respeite as regras de não fumar, apertar o cinto de segurança e evite fazer muitos ruídos, nessas horas o bom senso será seu melhor amigo.

2) Precisamos ser educados para sermos bem recebidos

Durante uma viagem a boa educação do turista será colocada à prova a cada momento, estar longe de casa e das pessoas que conhecemos não nos dá o direito de sermos desleixados e atuarmos como bem entendemos, desrespeitando as regras dos locais que visitamos.

É muito importante antes de sair de casa estudar sobre os costumes e regras dos pontos incluídos de nosso itinerário, para dessa forma sabermos como comportar-nos e poder aproveitar melhor o tempo investido em conhecer estes lugares.

Aviso de proibição para turistas.
Aviso de proibição de turistas.

Existem cidades totalmente turísticas, mas também, existem cidades onde a vida do cidadão comum segue lado-a-lado com os visitantes que estão ali para conhecer a cultura local, é importante que você entenda que muitos habitantes estarão levando suas vidas normais, cumprindo seus horários, suas funções. Evite atrapalhar a rotina dos cidadãos locais, parar um carro alugado num local proibido por atrapalhar a vida de muita gente, furar uma fila no metrô, jogar um papel no chão, tudo isto pode interromper ou incomodar aquele que habita o local.

3) Aprenda palavras básicas antes de embarcar

Entendo que é impossível que uma pessoa aprenda todos os idiomas do mundo para poder fazer pequenas viagens, porém, é muito importante que o turista se empenhe em aprender palavras básicas, saber estas palavras lhe abrirá portas e você será muito melhor recebido.

O fato é que mostrar interesse pela cultura e língua local nos permite causar uma boa impressão, desta forma os habitantes locais se sentirão orgulhosos e tentarão lhe ajudar a experienciar uma melhor estadia.

Aprender palavras e frases chave no idioma do país que você visitará é fundamental.
Aprender palavras e frases chave no idioma do país que você visitará é fundamental.

Em últimos casos, ao perguntar alguma informação em um idioma universal, como o inglês, será interessante perguntar no idioma local se aquela pessoa está apta a lhe responder em inglês. Na pior das hipóteses você ao menos tentou e não causará um rechaço imediato ao abordar uma pessoa na rua.

Iremos publicar aos poucos alguns artigos com palavras básicas em diversos idiomas, para lhes ajudar a pedir informações e aproveitar melhor suas viagens, quero lhes convidar a ler nosso artigo sobre o idioma italiano:

4) Prepare seu paladar para novos sabores

Se há uma coisa no mundo que é diferente em cada lugar é a comida, nem mesmo as massas e pizzas na Itália possuem os mesmos sabores que estamos acostumados a comer no Brasil, por esta razão este conselho irá lhe poupar muitas decepções.

Vá preparado para experimentar novos sabores, em momentos você não irá acertar, mas em outros você será surpreendido por uma delícia desconhecida.

Evite comer somente em pontos turísticos, além da comida ser mais cara, ela normalmente não tem o sabor original que os habitantes locais costumam provar, uma escapada de três ou quatro quadras lhe permitirá descobrir o melhor da cozinha local, dê férias também ao paladar, permitindo-se provar comidas nunca antes imaginadas.

Experimentar novos sabores é um dos atrativos de toda viagem.
Experimentar novos sabores é um dos atrativos de toda viagem.

Parece piada mas é enorme o número de brasileiros que voltam de suas viagens dizendo que sentiram saudades do arroz com feijão, alguns inclusive procuram churrascarias brasileiras para se alimentar. Na minha opinião, este é um grande erro que faz com que sejamos turistas ordinários, muitas vezes estas pessoas viajam para contar aos outros que viajaram, não por um gosto pessoal ou pior, contra sua própria vontade.

Sabe o ditado “quem está na chuva é para se molhar”? Volte encharcado de boas e novas experiências, deixe-se surpreender, esqueça de levar consigo seus preconceitos e sua viagem será muito mais agradável.

5) Não comporte-se como um cleptomaníaco

Pode parecer um conselho fora de lugar e algumas pessoas podem se sentir constrangidas, mas, é bem verdade que muitos turistas tem a péssima mania de levar recordações para casa que não são souvenirs, são de fato itens de restaurantes, bares e hotéis que não deveriam ser levados para casa.

Seja a toalha do hotel, um talher do restaurante ou um copo de chope, seja lá qual for o elemento levado como lembrança, saiba que isso prejudica o local e você causa uma péssima impressão. Todos nós sofremos com isso depois, ficamos com má fama, somos estereotipados: “brasileiro malandro”.

mesa-restaurante

Não está de mais evitar esse tipo de comportamento, se você gostou muito daquele copo de cerveja, pergunte ao garçom, são muitos os restaurantes que comercializam seus próprios produtos para você levar de lembrança e presentear seus amigos.

6) Seja limpo, respeite as cidades por onde passa

As cidades turísticas recebem uma grande quantidade de pessoas todos os dias, que passam no intuito de conhecer as belezas e desfrutar dos atrativos locais. Imagine-se se todo turista jogar no chão uma embalagem, uma garrafa de água, uma bituca de cigarro, etc.

A impressão que você terá do local é que é uma cidade suja, um lugar feio, descuidado. Não contribua com a sujeira nos pontos turísticos, evite jogar papéis no chão, leve sempre consigo uma sacola dentro da mochila ou bolsa para juntar a sujeira e descartar nos locais preparados para isso.

Não seja inconveniente, procure as lixeiras para depositar seu lixo.
Não seja inconveniente, procure as lixeiras para depositar seu lixo.

Não é difícil encontrar cestos de lixos em cidades turísticas, em geral elas estão preparadas para isso. Por mais que nosso país não seja um grande exemplo, o Brasil mesmo está melhorando neste sentido e não vai ser lá fora que você perderá o costume de cuidar do planeta.

Se você não seguir este conselho poderá ser surpreendido por uma multa ou algum habitante que lhe irá repudiar perante esta falta de respeito.

7) Divirta-se mas não abuse

Pode parecer estranho uma recomendação de não abusar na dose de diversão, na verdade, estou me referindo à outro tipo de dose, falo precisamente do consumo de álcool nas festas e restaurantes durante sua viagem.

rodada-tequila

Se divertir é muito importante e frequentar bares, pubs e discotecas fora do país pode ser uma experiência única, porém, cuidado com os excessos, evite ficar bêbado para não ser alvo de golpes, vexames ou até mesmo ser preso por alguma autoridade local.

Mantenha a compostura, lembre-se que dirigir alcoolizado também é crime em outros países e em caso de algum acidente você estará totalmente desamparado.

8) Quem converte não se diverte

O último conselho, mas não menos importante, se refere ao câmbio. Os preços que estamos acostumados no Brasil podem ser baixos para algumas compras, mas também mais elevados em outros casos, como o preço da água, comida e outros itens de primeira necessidade em cidades turísticas.

Lembre-se que você está alimentando um mercado imenso, o turismo movimenta milhões de dólares todos os dias ao redor do mundo, toda a infra-estrutura que é preparada para receber o turista tem um alto custo e você ao comprar nestes locais está pagando o preço de viajar.

Como diz o ditado: Quem converte não se diverte, aproveite a viagem sem se lamentar a cada minuto.
Como diz o ditado: Quem converte não se diverte, aproveite a viagem sem se lamentar a cada minuto.

Tente evitar converter os preços, controle-se nos gastos e seja feliz, afinal, quem converte não se diverte, saber que você está pagando R$10 numa garrafinha de água mineral pode estragar toda a magia de um lugar belíssimo, de um ponto turístico incrível, pense em aproveitar ao máximo, de acordo com aquilo que seu bolso permitir. Saia do hotel preparado, leve consigo os elementos básicos pois comprá-los no supermercado será muito mais econômico.

9) Conselho Extra para conseguir preços mais baratos

Se você ainda não comprou sua passagem faça uso do nosso buscador de passagens aéreas e de nosso buscador de hotéis, com o uso deles você vai economizar bastante e poderá aproveitar melhor o dinheiro em sua estadia.

Uma viagem inesquecível…

Viajar é uma delícia, você conhece novos lugares, novas pessoas, tem a oportunidade de ver e sentir como é a vida do outro lado do mundo, mas, sem se comportar adequadamente, respeitar regras e se mostrar interessado pela cultura local, sua experiência pode ser terrível e você voltará para casa com a bagagem cheia de lamentações.

Estes são os meus conselhos, baseados em experiências minhas ou de amigos próximos, mas, estou certo de que você também tem alguma experiência para compartilhar.

Deixe nos comentários o seu conselho para uma viagem inesquecível, será um prazer conhecer sua história.

4 COMENTÁRIOS

  1. Amei as dicas! São todas muito válidas e acredito que vou aproveitar muito mais minha viagem com elas!
    Acho que essa dica de levar uma sacola na mochila/bolsa é muito válida para qualquer lugar (até mesmo aqui dentro do Brasil). Se todos nós tivéssemos a consciência de carregar nosso lixo até encontrarmos um local correto para depositá-o nossas cidades seriam muito mais limpas!
    Obrigada pelas dicas, adorei.

  2. Boa noite André,

    Parabéns pelas preciosas dicas, entrei para ver uma informação e acho que se não li tudo que escreveu, cheguei perto…rs…

    Gostaria de uma orientação, se possível, viajo no próximo final de semana com meu marido para a Croácia e alguns lugares próximos, sendo que ao final faremos um tour privativo até Sarajevo (3 dias). Gostaria de ter uma ideia de quanto poderíamos dar como gratificação ao motorista que nos acompanhará, uma vez que não temos o valor separado deste serviço. Agradeço imensamente se puder nos ajudar. Shirley Carneiro

    • Olá Shirley, como vai?
      Que pergunta difícil a sua, tudo depende da situação. Se ele for altamente generoso, seja altamente generosa.
      Ele cobrará uma tarifa fixa? É um taxi?

      Normalmente arredondo para cima, é dizer, se a viagem custar “75”, de-lhe 100.
      Mas se for 95, 5 será pouco.

      Dê algo entre 25 e 30% do valor pago pela viagem.
      Tenha cuidado em Sarajevo, na Bósnia como em todo país do Leste europeu, existem muitos golpes para turistas.

      Sucesso em sua viagem.

DEIXE UMA RESPOSTA