Talvez você já tenha pensado em viajar de trem pela Europa, pode ser que tenha dúvidas de se vale mais a pena viajar de trem ou de avião, outros ainda consideram o aluguel de carros.

Quero lhe comentar que viajar de trem é uma das melhores formas de conhecer o velho continente, visitando diversos países, sobretudo pela existência de um sistema de passes econômicos chamado Eurail Pass.

Boa parte dos turistas brasileiros ainda não conhece o Eurail Pass, uma espécie de pacotão de bilhetes de trem para que você possa pagar um valor muito menor durante sua viagem. Eurail Pass é uma forma fantástica de explorar a Europa, utilizando o avançado sistema de trens, com maior flexibilidade e preço fixo, muito diferente do que viajar de avião ou de carro.

Ainda, viajar de trem lhe oferece o grande benefício de acompanhar as belíssimas paisagens da Europa, suas construções milenares e ver também parte de sua cultura a bordo de tecnológicos vagões.

Vídeo oficial sobre o Eurail Pass:

Bom, antes de mais nada quero falar da parte mais importante deste artigo, chama-se antecipação. O Eurail Pass é um sistema de bilhetes que deve ser comprado antes de viajar para a Europa, o tempo médio da chegada do envelope é de 16 dias.

Como funciona?

Você deverá entrar no site oficial e comprar o pacote desejado com pelo menos 20 dias de margem, para não correr risco de perder o investimento.

Vou então comentar passo-a-passo o funcionamento do pacote, mais tarde comentarei sobre os preços, os países incluídos e tudo mais.

Passo-a-passo:

  • Entre no site oficial Eurail Pass;
  • Clique em Passes Eurail;
  • Selecione o tipo de passe:
  • Global Pass (até 28 países);
  • Select Pass (até 4 países);
  • Regional Pass (até 2 países);
  • One Country Pass (1 país);
  • Selecione os países (no caso de não ser o Global);
  • Clique em Veja as opções de preços e finalize a compra;
Quero ressaltar que Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo) contam como somente 1 país, isso é excelente!

Na hora da escolha dos países, vale a pena entender que os países precisam ser “colados” para que você tenha direito de utilizá-los. Ou seja, não pode pegar Alemanha e Portugal, sem ter França e Espanha, pois você terá de passar por estes países.

Vou utilizar o caso da minha próxima viagem como exemplo:
Selecionei o pacote Select Pass para 4 países, com 5 dias de uso durante 2 meses. Ou seja, não são 5 dias corridos. Escolhi Alemanha, Portugal, Espanha, França.

Minha viagem será realizada em duas etapas, uma de trem e outra com o carro alugado. Separamos assim pois nos primeiros 10 dias visitaremos cidades grandes, logo, vamos explorar pequenas cidades alemãs, suíças, austríacas, italianas e inclusive passaremos pela República Checa.

Meu exemplo pode ser uma boa inspiração para quem está em dúvida de se vale a pena ou não. O fato é que viajar de trem é excelente nas grandes cidades, porém, para subir montanhas, visitar vilarejos, etc. o carro sempre será a melhor pedida. Combinando estas duas modalidades sua viagem será levada a um nível de experiência imensamente superior.

Conheça a lista de todas as empresas ferroviárias nas quais você poderá utilizar seu Eurail Pass.

Envelope enviado para a casa do cliente Eurail Pass

Envelope enviado para a casa do cliente Eurail Pass

Quanto custa o Eurail Pass?

Na verdade essa resposta é fácil e difícil de ser dada, fácil pois você poderá entrar na página oficial mencionada acima e escolher o passe que mais se enquadra com suas necessidades. Mas difícil pois existem N variações.

Mais uma vez utilizarei meu exemplo pessoal dos países: Alemanha, Espanha, França e Portugal, por somente €413. São 5 dias de uso, farei os trajetos Alemanha -> Portugal -> Espanha -> França -> Alemanha e deixei 1 dia extra por qualquer inconveniente.

Somente o passe da Alemanha para Portugal custaria no mínimo €230,50, mais da metade do que o pacote de 5 dias vai me custar.

Se vale a pena? Não só vale como é super recomendável.

Como usar o Eurail Pass (trens na Europa)

O uso dos passes será realizado através de um pequeno cadastro inicial, você receberá em sua casa no Brasil uma correspondência com um “voucher”, antes de iniciar o uso você deverá:

  • Ativar a passagem num guichê de estação ferroviária, o funcionário irá carimbar a data da ativação com seu número de passaporte;
  • Antes de subir em cada trem você deve preencher os dados no Relatório de Viagem (travel report) incluso na correspondência, sempre que um inspetor dos trens solicitar você deverá apresentar este relatório;
  • Lembre-se de que não é possível usar lápis, use sempre caneta;
  • Ao finalizar a viagem você poderá devolver por carta a capa do passe, para receber um brinde especial;

No passe você verá um calendário de viagens, nunca preencha antes do dia de usar, se preencher não poderá mudar de ideia e perderá a flexibilidade da viagem. Isso vale mesmo para quando você já planejou sua viagem, não esqueça que imprevistos costumam acontecer em viagens.

Alguns trens podem requerer reserva antecipada, principalmente os de alta velocidade ou qualquer trem nos períodos mais movimentados do ano (entre julho e agosto), para isto você deverá entrar no site oficial e solicitar uma reserva*. A maioria dos trens permite reserva com até três meses de antecipação.

* Cada empresa possui sua forma particular de reservas, comentarei abaixo.

Além de precisar fazer a reserva, alguns trens exigem um pagamento extra, como é o caso dos trens de alta velocidade. Em primeira classe um trajeto de Frankfurt a Paris (por exemplo) pode custar €30 com alimentação inclusa, já em segunda classe custa menos da metade disto sem comidas.

Baixe o aplicativo Eurail Rail Planner em seu smartphone, lá encontrará instruções e poderá prever os horários de partida dos trens. Também, conseguirá filtrar com a opção “Trains without compulsory reservations” (trens sem reserva obrigatória).

Este aplicativo é gratuito e funciona off-line, ou seja, você não precisará de conexão com a internet, baixe antes de iniciar a viagem e comece a planejar seus passeios hoje mesmo.

O passe em si, Eurail Select Pass para 4 países

O passe em si, Eurail Select Pass para 4 países

Como verificar os horários dos trens

Um passo muito importante é você se programar com os horários, existem trajetos em que você terá de estar pontualmente na estação pois há poucas saídas durante o dia para o destino escolhido. Um caso crítico é Lisboa -> Madri, com somente uma saída pela manhã bem cedo.

Acesse o site oficial do Eurail Pass para planejar suas viagens (link), lá insira a cidade de partida e de destino, se a viagem será de ida e volta e as datas com horário aproximado.

A dica fica em verificar se os trens mostrados exigem reserva antecipada (Reservation Required), para que você possa providenciar esta reserva com tempo justo. Lembre-se de que algumas empresas exigem o envio dos tickets impressos ao Brasil, pode demorar até 15 dias para que os bilhetes cheguem.

Como reservar um trem

Como falei anteriormente, alguns trens exigem uma marcação antecipada de passagem, a famosa reserva (Reservation Compulsory). Aqui entra a parte mais complexa do uso do Eurail Pass, pois você deverá fazer a reserva de diversas formas, dependendo do caso.

Algumas podem ser feitas online (principalmente se não forem internacionais), outras devem ser feitas via telefónica, com pagamentos também pelo telefone. Outra questão é que alguns dos trens exigem pagamentos extras, como é o caso dos trens de alta velocidade.

Vou contar minha experiência recente para ilustrar o funcionamento, porém, como observei cada caso é um caso:

Trem de Frankfurt para Paris
ICE 9550 (alta velocidade)

Procedimento:

  • Liguei para +491806996633;
  • Selecionei a opção 9 (atendimento em inglês);
  • Selecionei a opção 1 (tickets);
  • Informei em inglês que precisava fazer uma reserva (I need to make a reservation);
  • From: Frankfurt;
  • To: Paris;
  • Time of the day: 06:45 PM;
  • First of April 2015;
  • I have Eurail Pass;
  • Select Pass valid in France, Germany, Portugal and Spain;
  • Valid for First Class;
  • I travel alone;

Aparentemente pode ser difícil, mas se você entende algo de inglês poderá se virar sozinho, fiz a ligação pelo Skype e fluiu bastante bem, passei os números completos do cartão de crédito para realizar o pagamento da taxa extra de €30, que incluem a alimentação neste trajeto.

Ainda, o atendente me deu as instruções para a retirada do ticket de reserva em qualquer estação de trem da Alemanha:

  • Usar uma máquina de tickets (pickup ticket machine);
  • Selecionar o idioma inglês;
  • Escolher “all offers”;
  • Selecionar “pre-books tickets”;
  • Tocar em “collections of pre-books bahn”;
  • Identificar-me com os dados do cartão de crédito;
  • Então imprimir;

Confesso que não sou bom no inglês, meu forte são os idiomas latinos, falo muito bem espanhol e italiano, porém venho me dando bem com estes atendentes pois eles estão preparados para conversar com pessoas como eu.

Trem de Paris para Madrid
Minha experiência para reservar o trajeto Paris -> Madrid foi um pouco mais complexa, de fato a falta de informação é grande. Depois de procurar muito, encontrei que boa parte das reservas devem ser feitas através do site www.raileurope.com.br.

  • Lá, deve selecionar a opção Reserva de Assento e digitar os dados do dia e hora desejados.

O custo final foi de €120 para viagem de ida e volta: Paris -> Barcelona -> Madrid e Madrid -> Barcelona -> Paris (terá troca de trem em Barcelona). Os tickets também são enviados ao Brasil, da mesma forma que o Eurail Pass, então você precisa marcar com antecedência.

Como informação extra, liguei na central da RENFE (trens espanhóis) e eles me informaram que a reserva poderia ser feita na estação de trem, se possível dias antes, para evitar de ficar sem assentos, mas que inclusive poderia chegar a reservar na hora. * De acordo com a disponibilidade. Liguei também para a SNCF (trens franceses) e me disseram que a reserva poderia ser feita pelo site que indiquei acima.

Fique então avisado de que os trens que exigem reserva (como os de alta velocidade) podem ser bem chatinhos de se reservar, também não é unificada a forma de retirar os tickets, na Alemanha poderei imprimir na estação, já para os trens França -> Espanha você precisa comprar com pelo menos 15 dias de antecedência para recebê-los em sua casa no Brasil.

Contudo, se você deseja viajar de forma econômica, essa é a forma mais recomendada.

Benefícios de usar o Trem

Aqui no Viagens Dicas publicamos um artigo com 11 razões para viajar de trem pela Europa, recomendo a leitura do mesmo, com informação detalhada, abaixo vou listar 5 deles:

  • Maior conforto;
  • Preço fixo;
  • Sem limite de peso;
  • Sem a necessidade de chegar horas antes na estação;
  • Viaje durante a noite e economize noites de hotel;

Muito bom não é mesmo? Quero dar grande destaque a um ponto em especial, existe a falsa informação de que viajar de avião na Europa é extremamente barato com as companhias “low cost”.

De fato elas existem, mas as tarifas econômicas não são para brasileiros em viagens de turismo. Existe uma proibição? Não! Mas estes bilhetes super econômicos irão dizer quando você irá viajar, e não o contrário.

Você poderá buscar, mas não irá encontrar um bilhete tão barato assim no período em que estará viajando. Duas das melhores companhias para pesquisar preços são: Easyjet e Ryanair, acesse já e procure!

Ainda, acrescento a informação de que estas companhias não irão utilizar aeroportos grandes e conhecidos dentro das cidades, elas vão para outros aeroportos menores, bastante longe e o custo do transporte de lá até a cidade poderá ser um pouco alto.
O mapa acompanha o material enviado pela Eurail

O mapa acompanha o material enviado pela Eurail

Trem vs Avião vs Carro

Uma das maiores dúvidas do turista brasileiro é qual será o meio de transporte mais adequado durante sua viagem na Europa. O maior erro que venho percebendo é que as pessoas acham que “na Europa tudo é perto”.

Engano seu meu caro, por exemplo:
Em minha próxima viagem farei o trajeto Frankfurt -> Lisboa, são nada menos que 26 horas de trem. Qual o motivo de escolher o trem? Eurail Pass. A conveniência do preço em conta, o pacote fechado com preço certo. Viajar de avião não seria nem possível pelo peso da minha mala (mais de 20kg), um peso que é aceito em vôos convencionais, porém não nos vôos “low-cost”.

Então, segue a lista com minhas recomendações para ajudar a escolher o meio de transporte ideal para você:

  • Tempo disponível + grandes cidades + economia = trem;
  • Tempo disponível + cidades pequenas + orçamento maior = carro;
  • Tempo curto + orçamento enorme = avião;

Peraí André, você não sabe do que está falando! Ei, escuta… vou dizer o motivo do avião ser considerado por mim a forma mais cara de viajar na Europa, para isso vou enumerar os fatos:

  • Low-cost não existe para turistas, só muita sorte mesmo para pegar um preço baixo;
  • Você pagará para despachar as malas e isso custará bem caro;
  • Chegará e sairá em aeroportos longe das grandes cidades, em viagem o custo da hora é bem elevado, você perderá horas com o traslado e isso representa dinheiro;
  • Terminará gastando dinheiro dentro dos aeroportos em razão das esperas e escalas;

Acredite pessoal, turista com muita mala não deve pegar avião, somente em últimos casos mas ele deve saber que a conta será mais elevada.

Eu ainda recomendo as pessoas a viajarem com tempo, sem precisar de um orçamento tão alto e medindo suas escolhas. Fazer um girão na Europa é bem caro, é muito mais econômico visitar 4 ou 5 destinos em 20 dias do que viajar 12 cidades em 20 dias.

Lembre-se dos traslados, não esqueça do transtorno de entrar e sair das cidades, além de ter que preparar malas muito mais vezes. Tenho visto muitos turistas cometer o grande erro de não calcular o que estão fazendo, então eles voltam dizendo que “não gostaram”. De fato é difícil gostar quando você faz más escolhas.

Na minha opinião, a melhor forma de conhecer a Europa é fazendo um MIX entre trem e carro, é assim que venho fazendo nos últimos tempos e me identifiquei muito com essa combinação.

Nas cidades pequenas e montanhosas vamos de carro, já entre as cidades grandes podemos facilmente nos locomover com o trem. Faça sua escolha, veja quais países pretende visitar, considere por exemplo: França (trem), Bélgica (trem), Espanha (trem), Holanda (trem), Inglaterra (trem), norte da Itália (carro – montanhas, cidadezinhas), sul da Alemanha (carro – mesma história), etc.

Cada caso será um caso, você terá de informar-se bem onde vale a pena e onde você gastará tempo e dinheiro à toa.

Manual com informação sobre como usar o Eurail Pass

Manual com informação sobre como usar o Eurail Pass

Curtiu este artigo? Não deixe de ler:

Considerações Finais

Este assunto do Eurail Pass é bastante interessante, sobretudo pois reconheço que trabalhando com o Viagens Dicas nestes quase dois anos, muitos usuários chegaram até nós com estas dúvidas.

Afinal, Vale a Pena? É barato?

Espero que este artigo tenha servido para elucidar todas estas dúvidas recorrentes de quem pensa em realizar uma “Euro Trip”. Não há forma mais europeia de viajar que os trens, mas devo alertar os navegantes de primeira viagem de que a Europa é enorme, existem trajetos de trem que duram mais de 24 horas e você vai precisar trocar de trem no caminho, fazendo reservas, etc.

É muito mais econômico, é belo e uma forma muito gostosa de se viajar, mas definitivamente não é para preguiçosos, você terá de quebrar diversos paradigmas em sua viagem de trem, deverá se programar com muita antecedência (no mínimo 1 mês) e estar disposto a se maravilhar com as belíssimas paisagens da Europa.

Embarque nessa e boa viagem!

Restaram dúvidas? Use o campo dos comentários e nós lhe ajudaremos.