No Brasil, não temos o costume de dar gorjetas aos funcionários de restaurantes, bares e hotéis, o serviço está incluso na conta, mesmo não sendo de pagamento obrigatório, poucos são os que se recusam a pagar a taxa de 10% e nos sentimos confortáveis com nossa forma de retribuir o atendimento.

Lá fora, o serviço oferecido pelos funcionários não está incluso na conta e nos surge então a dúvida de quanto e a quem devemos pagar pelo atendimento, já que não temos esse costume. Tendo em vista que boa parte de salário dos atendentes é formado pela gorjeta, é importante remunerar aqueles que nos atenderam bem.

Em alguns países, como os Estados Unidos, as gorjetas não são obrigatórias mas há um hábito de deixar entre 15 e 22% de gorjeta. Porém, em restaurantes que recebem grande quantidade de turistas, pode haver alguma recomendação por escrito sobre a quantia a ser paga.

Há por outro lado, países onde todos pedem descaradamente uma contribuição, veja bem, quando estive em Cancún no México, ao tomar um táxi e pagar pela quantia referente à corrida, o motorista reclamou que eu não havia oferecido nada extra, em tom de ironia “Gracias por tamaña propina” (obrigado pela enorme gorjeta). A caixinha de gorjetas se encontra por lá em todos os serviços, como os ônibus de passeio, por exemplo.

Hoje, lhes falarei mais sobre as gorjetas que devemos deixar durante nossas viagens.

Quais funcionários merecem receber nossas gorjetas?

Quanto dar de gorjeta
Essa questão deve ser encarada de forma simples, quanto você foi bem atendido, uma pequena quantia demonstra a gratidão pelo atendimento, dessa forma turista e trabalhador se sentem bem, mas não podemos tampouco comprometer nosso orçamento de forma deliberada.

Quem viaja frequentemente sabe, não existe uma lei internacional sobre as gorjetas e devemos usar nosso bom senso para retribuir pelo serviço recebido. Abaixo, conheceremos uma lista dos profissionais que merecem nossa contribuição, a quantia recomendada e a explicação devida do motivo de pagar pelo atendimento.

Garçons

As gorjetas para os garçons variam muito de país para país, a não ser que o serviço tenha sido surpreendentemente impecável, você deve deixar uma quantia considerada comum no seu entendimento.

Vamos supor:

  • Atendimento normal: 10%;
  • Atendimento ótimo: 15%;
  • Atendimento fenomenal: 20%;

Isso não pode ser considerado como regra, vale a pena consultar o Concierge do hotel, que lhe conseguiu a reserva no restaurante, qual é a política ou o costume daquele lugar.

Como curiosidade, citei acima que alguns restaurantes dos Estados Unidos estão incluindo uma sugestão de gorjeta nas contas, o fato deve-se ao grande número de turistas europeus, que possuem o costume de arredondar a conta. Exemplo: €17, pagam €20. Nesses casos a sugestão chega a ser de 20%.

Maleteiros

Nos encontraremos com maleteiros em duas ocasiões em nossas viagens, uma delas no aeroporto, os maleteiros poderão se oferecer para levar suas malas, são chamados internacionalmente de “skycaps” e por sua boa vontade merecem de 1 a 2 dólares como retribuição.

Outro lugar que com certeza aparecerão os maleteiros para lhe dar uma mão, é nos hotéis, principalmente aqueles de nível superior. Por vezes, podemos nos cruzam em um só hotel com até 3 maleteiros: o que retira a mala do automóvel (taxi ou carro alugado), o que leva a mala até o balcão do check-in e por último aquele que leva a mala até a habitação.

Por prática, é recomendável pagar somente ao último maleteiro, já que estes funcionários costumam fazer um revezamento de posições, juntamente para equilibrar as gorjetas que recebem.

Motoristas de traslados

Quando se trata de um motorista do hotel, não há necessidade de deixar qualquer gorjeta, os hotéis que oferecem estes funcionários geralmente possuem taxas superiores a outros, por essa razão eles já estão sendo devidamente pagos.

Agora, digamos que seja um serviço gratuito de traslado hotel – aeroporto, fica livre a contribuição com 1 ou 2 dólares, principalmente se o mesmo motorista se ocupa em acomodar suas malas pesadas no compartimento de bagagens.

Quanto dar de gorjeta

Manobristas

Estes podem ser profissionais que nos poupam uma boa quantidade de tempo, quando chegamos a um restaurante, pode-se apresentar um motorista identificado como funcionário do local que está encarregado de cuidar do estacionamento e conseguir vagas para os clientes.

No caso de seu carro ser guardado e entregado na porta, sem nenhum inconveniente, é prudente retribuir o serviço com uma gorjeta de 3 a 5 dólares, já que o salário deles é baixo e complementado justamente com as contribuições dos clientes.

Camareiras

Essa é uma forma de receber um serviço ainda melhor, não é tão comum deixarmos gorjetas para as camareiras dos hotéis, outros, deixam somente no último dia mas então o efeito não é tão positivo.

O ideal é deixar todos os dias, em um envelope, ou na falta dele, debaixo do travesseiro, um ou dois dólares, será suficiente para que a empregada do hotel se sinta valorizada e dê o melhor de si. Lembrando que o trabalho delas não é nada mole e receber constante estímulo é saudável.

Concierges

Para quem não conhece, os Concierges são as pessoas encarregadas de relações públicas no hotel, aquele que conseguirá uma melhor reserva, uma mesa de última hora, uma entrada para um espetáculo.

Ele também é um grande conhecedor do local e poderá lhe recomendar roteiros, indicar como chegar a um local, etc.

As gorjetas as Concierges variam muito, de acordo ao desempenho deles em suas atividades, é dizer, se ele somente chamou um taxi, não é necessário deixar nada, mas se ele conseguiu uma mesa naquele restaurante que você já havia tentado mas estava cheio, ponto para ele, um excelente profissional que lhe solucionou um problema.

Diria que entre 5 e 20 dólares é uma boa forma de retribuir o serviço, tomando em consideração o desempenho do funcionário.

Guias turísticos

As gorjetas para guias turísticos geralmente não estão incluídas no pacote adquirido, por essa razão e pelo serviço prestado, é considerável deixar uma colaboração de 3 a 5 dólares para aqueles tours pequenos, já um tour completo, que dure todo o dia, 10 dólares cairia bem.

Por padrão não há uma taxa, mas é conveniente perguntar na hora de adquirir o bilhete quanto seria uma contribuição justa, não tenha medo de se informar para depois não passar nem por muito “generoso”, muito menos por “mão de vaca”.

Quanto dar de gorjeta

Considerações Finais

Viajar é uma das coisas que mais nos dá prazer, mas para a viagem ser ainda melhor devemos ser bem atendidos por onde passamos, um mal atendimento pode causar uma má impressão de um local belíssimo, de uma cidade maravilhosa.

Como forma de retribuição pelo bom atendimento, é justo deixar uma gorjeta para os funcionários que merecem, somente com esse apoio é que incentivaremos mais e mais funcionários do esquadrão de frente a nos tratar bem, nos atender com energia e educação.

Se você ainda não comprou sua passagem, faça sua busca para encontrar o melhor preço aqui e voe com uma companhia aérea brasileira de excelente qualidade, a TAM.

Vale relembrar que estas pessoas que nos atendem geralmente possuem salários baixos, nos Estados Unidos por exemplo, um garçom pode chegar a ganhar somente U$2,13 a hora (em alguns estados), contabilize comigo, oito horas correndo de lá para cá, tomando pedidos, recolhendo e limpando mesas, lidando com os caprichos dos clientes, valem tão somente U$17,04 por dia, uma miséria não é mesmo? Esse tipo de salário é conhecido como “Not a living wage”, ou seja, um salário que não cobre nem mesmo os custos de vida e os funcionários necessitam das gorjetas para viver.

Como o hábito da gorjeta foi instalado há muito tempo, eles terminam dependendo dessa contribuição para viverem dignamente. Mas se nos Estados Unidos é assim, imagine-se como será em países menores, como os da América do Sul, ou países não tão privilegiados, como os do Leste Europeu.

Considerando ainda, que países como China e Japão não tem o hábito de receber gorjetas, se você decidir fazê-lo, faça-o discretamente, é recomendável depositar o dinheiro em um envelope.

Debate:

  • Você tem o costume de deixar gorjetas em suas viagens?
  • Já passou alguma situação engraçada ou diferente em razão das gorjetas?

Grande abraço, até já.

Referências: HuffingtonPost / TripAdvisor