Hoje quero falar sobre um assunto bastante interessante para quem vai viajar para Nova Iorque, trata-se de um comentário pessoal sobre a experiência nos observatórios dos dois edifícios mais famosos de Manhattan, Empire State e Rockefeller Center.

Milhões de turistas passam anualmente por Nova Iorque e uma visita imperdível na cidade são os observatórios dos edifícios mais altos do mundo, o mais famoso é o Empire State, mas o Rockefeller também oferece vistas privilegiadas.

Em recente viagem à New York tive a oportunidade de visitar o observatório dos dois edifícios, sem dúvidas o Empire State vale a pena, porém nos últimos tempos o Top of the Rock, observatório do Rockefeller, tem se tornado bastante popular entre os turistas.

Afinal, qual é o melhor arranha-céu para se visitar em Nova Iorque? Empire State ou Rockefeller?

Empire State

Vista noturna desde o observatório do Empire State em Nova Iorque - Créditos: André Darugna
Vista noturna desde o observatório do Empire State em Nova Iorque – Créditos: André Darugna

O Empire State é o mais alto entre as duas opções que estamos analisando, você poderá chegar ao andar número 86, como também pagar uma taxa extra ($20) para ir até o incrível 102º andar. Qualquer uma das opções lhe oferece uma experiência única, com as melhores vistas da cidade de Nova Iorque, com ângulos privilegiados.

A vista é de 360º, é dizer, você pode ir aos quatro lados do edifício, o tempo que quiser, para observar e fotografar nos mínimos detalhes os arranha-céus e o panorama ao redor.

Eu e minha esposa no Empire State, detalhe para a quantidade de pessoas e a grade de proteção que deixa as fotos feias.
Eu e minha esposa no Empire State, detalhe para a quantidade de pessoas e a grade de proteção que deixa as fotos feias.

Existem várias opções de pacote a mais econômica custa $29 (entrada comum) ou $50 (entrada sem filas – express) para visitar o andar 86, há também um passe de $46 (comum) para os andares 86 e 102, e outra ainda por $67 (express – sem filas) para ir ao andar 86 e 102.

Falando sobre a história, o Empire State tem uma representação muito importante no crescimento de Nova Iorque e do mundo, foi através dele que o homem conseguiu provar a si mesmo que não tem limites, foi o primeiro edifício com mais de 100 andares.

Ainda mais interessante que sua altura, o Empire State foi construído em menos de 1 ano, isso mesmo, começou a ser erguido em março de 1930 e foi finalizado em 1931 antes de completar 365 dias de trabalhos.

Ele mede 443 metros de altura (contando a antena), possui pontualmente 103 andares e foi construído pelo estúdio de arquitetura Shreve, Lamb and Harmon.

O Empire State se tornou famosíssimo no mundo todo ao ser representado no filme King Kong de 1933, onde o gorila subia ao topo para escapar do ataque de seus captores.

Prós:
É o mais famoso e mais alto.

Contras:
Desorganização geral, filas imensas, quantidade absurda de visitantes. A vista deixa de poder ser observada já que centenas de pessoas brigam pelo mesmo espaço, nos decepcionamos muito com esta experiência, não ficamos nem 15 minutos no topo após passar 2 horas esperando para subir. Ao descer, mais filas, mais empurra empurra e um ambiente pra lá de descontrolado.

Possui grades que deixam as fotos com um aspecto feio, somente o vidro seria melhor, tal como acontece no Rockefeller.

Rockefeller

Vista do observatório Top of the Rock (Rockefeller) em Nova Iorque. Detalhe para o Empire State no centro da imagem. - Créditos: André Darugna
Vista do observatório Top of the Rock (Rockefeller) em Nova Iorque. Detalhe para o Empire State no centro da imagem. – Créditos: André Darugna

O Rockefeller Center é um complexo de edifícios que inclui inclusive uma praça, famosa por hospedar uma pista de patinagem no gelo no inverno.

Vamos focar no Edifício GE, onde está o Top of the Rock, que é o observatório do Rockefeller, é de lá que o visitante tem a incrível vista 360º da cidade de Nova Iorque, com uma vista privilegiada do Central Park.

Este arranha-céu é um pouco mais baixo que o Empire State, oferecendo porém, uma excelente perspectiva da Big Apple, considerado por muitos a melhor vista da cidade.

Eu e minha esposa no Top of the Rock (Rockefeller), detalhe para o vidro que não incomoda nas fotos.
Eu e minha esposa no Top of the Rock (Rockefeller), detalhe para o vidro que não incomoda nas fotos.

São 70 andares que somam 260 metros de altura, ele foi construído em 1933 pela equipe de arquitetos comandada por Raymond Hood, famoso por suas construções art decó.

Ao visitar o Top of the Rock você tem acesso aos dois andares do terraço, inclusive na parte sem vidros que é ideal para fotografias panorâmicas.

As entradas para o observatório do Rockefeller possuem os seguintes valores: 29$ entrada normal e $42 (duas entradas, uma para dia e outra para noite).

Prós:
Organização impecável com hora marcada para a subida, você chega e agenda o horário do elevador para voltar na hora combinada.

Não possui grades, portanto suas fotos ficam muito melhores. Possui vista privilegiada do Central Park e também do Empire State (que não pode ser fotografado de si mesmo).

Contras:
Não é o mais alto da cidade, a entrada somente inclui uma visita ao invés de duas.

Vale a pena visitar os dois?

Há também a possibilidade de visitar ambos prédios, não é uma má ideia por uma simples razão, você pode visitar um durante o dia e outro durante a noite. Você só precisa dispor de tempo para desfrutar destas duas experiências.

A melhor forma de adquirir as duas entradas é comprando o City Pass, um pacote de entradas para as 6 principais atrações de Nova Iorque, com direito a Rockefeller (*), Empire State (**), Estátua da Liberdade (***), MoMA, Museu Americano da História Natural, Guggenheim Museum (*), Circle Line Cruises (***).

* A escolher entre Rockefeller e Guggenheim Museum;
** Ticket duplo para visitar o topo do edifício duas vezes no mesmo dia (para ir de dia e de noite);
*** A escolher entre Estátua da Liberdade e Circle Line Cruises;

Dentro de tudo o City Pass é bastante conveniente e farei um artigo exclusivo sobre ele no futuro, as atrações somadas ficam por menos da metade do preço.

Site oficial: www.citypass.com

Considerações Finais

http://youtu.be/0Zc9N_oIwTA
* Vídeo que filmamos no Top of the Rock com uma mensagem aos leitores do blog

Ambos os edifícios valem a pena, a vista nos dois é bastante impressionante e recomendo vivamente que todos os turistas que visitem Nova Iorque subam ao Empire State ou Rockefeller.

Minha opinião pessoal é a de que o Rockefeller oferece uma melhor experiência, na verdade passamos mal no Empire State, o ambiente era muito pequeno para a quantidade de pessoas que eles permitem entrar.

Já no Rockefeller é tudo mais controlado, você não espera na fila, possui hora marcada para usar o elevador e o espaço livre no topo é bastante melhor.

Além disso, acho que a ideia do Rockefeller de proteger as laterais com vidros é mais inteligente que a do Empire State, que usa grades de proteção, o que deixa as fotos com um aspecto bastante mais feio.

De todas formas, melhor ainda se você puder visitar os dois.

Grande abraço, até já.

Booking.com
Booking.com
Booking.com
Booking.com

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA