10 dicas para economizar ‘muito dinheiro’ em Nova Iorque

26
336

Nova Iorque é uma das cidades mais caras que visitei, é o coração financeiro do mundo, diferente de cidades turísticas habituais, ela é além de turística uma cidade de negócios, isto faz com que os preços sejam relativamente mais altos que em outras regiões.

Para que os altos preços desta belíssima cidade não desencorajem sua viagem, reuni uma série de dicas que lhe ajudarão a economizar muito dinheiro em sua próxima visita a Nova Iorque. Quero lhe deixar claro que só pagará mais caro quem quiser, nós pesquisamos e vivemos na pele várias situações para poder lhes ajudar a ter uma viagem econômica.

Em minha recente passagem por Nova Iorque levantei uma série de questões, separei elas em forma de tópicos para que seja ainda mais fácil de acompanhar e compreender.

São dicas baseadas em experiências positivas que tivemos em Nova Iorque, ideais para quem não gosta de jogar dinheiro fora!

Leia também:

Bate-papo: Nova Iorque

Lhe convidamos antes da leitura deste artigo, a assistir nosso bate-papo sobre minha experiência em Nova Iorque, no vídeo comentamos diversos assuntos, relacionados ou não com a economia.

1) Utilize o CityPASS

Talões do CityPASS de Nova Iorque.
Talões do CityPASS de Nova Iorque.

O CityPASS é um pacote que inclui as principais atrações turísticas da cidade de Nova Iorque, ao adquirir este passe você irá economizar ao menos 50% do que custaria pagar cada uma das atrações separadamente.

As atrações inclusas no City Pass New York são:

  • Rockefeller (*)
  • Empire State (**)
  • Estátua da Liberdade (***)
  • MoMA
  • Museu Americano da História Natural
  • Guggenheim Museum (*)
  • Circle Line Cruises (***)

* A escolher entre Rockefeller e Guggenheim Museum;
** Ticket duplo para visitar o topo do edifício duas vezes no mesmo dia (para ir de dia e de noite);
*** A escolher entre Estátua da Liberdade e Circle Line Cruises;

Leia mais sobre o CityPASS New York em seu site oficial.

2) Hospede-se no Brooklyn / Queens

brooklyn
Como ocorre em quase todo destino turístico, hospedar-se próximo da zona turística pode resultar bastante mais caro, nestas áreas o preço de quase tudo é mais elevado.

Em nossa viagem a Nova Iorque tivemos as duas experiências, de ficar em Manhattan uns dias e no Brooklyn outros 10 dias. A experiência de se hospedar em Manhattan é certamente mais agradável já que você elimina os traslados, porém, imensamente mais caro.

Considere antes de decidir se irá ficar em Manhattan se realmente precisa ficar ali, depois considere se dois dias não serão suficientes para ter a experiência de acordar na Big Apple, e depois mude-se para um hotel / casa no Brooklyn ou Queens, onde os preços são muito mais em conta.

Saiba que ir de metrô do Brooklyn ou Queens até Manhattan, que é o centro de tudo, onde tudo acontece, leva aproximadamente 1 hora de viagem. Se você se hospedar nestas localidades irá economizar dinheiro mas gastará mais tempo.

3) Tome café da manhã fora de Manhattan

Local onde tomávamos café da manhã por U$5, para duas pessoas (Brooklyn).
Local onde tomávamos café da manhã por U$5, para duas pessoas (Brooklyn).

Este é outro dos pontos primordiais para quem vai a Nova Iorque, nesta cidade os preços são muito variáveis, chegamos a pagar $50 (para duas pessoas) para um café da manhã próximo da Times Square.

Quando nós mudamos ao Brooklyn, na casa que alugamos, tomávamos café da manhã por somente $5 (duas pessoas), incluía café, suco natural, bananas e um sanduíche bastante grande com peito de peru e queijo fino.

Se você irá se hospedar no Brooklyn ou no Queens, considere tomar seu café da manhã antes de ir para Manhattan, essa escolha certamente lhe fará economizar bastante dinheiro em Nova Iorque.

Procure um local próximo de seu hotel / casa alugada e verifique as opções de café, normalmente existem opções gostosas e preparadas na hora.

4) Alugue uma casa ao invés de hotel

airbnb
Como comentei anteriormente, nós alugamos uma casa no Brooklyn, alugar uma casa no exterior é bastante fácil, todo o procedimento de buscar o imóvel pode ser feito em português no site AirBNB, somente o contato com o dono do imóvel é que finalmente é feito em inglês.

Alugar uma casa de temporada no exterior via AirBNB é muito seguro, você somente vai liberar o pagamento após chegar na residência e verificar que o que alugou condiz com a oferta no site.

Nossa casa alugada no Brooklyn (um apartamento no caso), tinha 2 andares, 6 quartos, 3 banheiros, cozinha totalmente equipada e uma ampla sala de estar / jantar, nos custou cerca de U$50 por pessoa.

Estivemos em um grupo de 11 pessoas e a vida juntos correu bastante bem, podíamos lavar roupas e preparar pequenas comidas caso desejássemos, isso é o que garante uma economia ainda maior e você pode levar menos roupas em razão de poder lavar as suas.

Quer 20$ de desconto em seu aluguel no exterior? Segue o cupom do AirBNB.

5) Compre tickets da Broadway com antecipação

mamma-mia-night
Aqui a questão é de disponibilidade, ao comprar tickets de ultima hora pode ocorrer que determinados espetáculos já não possuam os tickets mais baratos em disponibilidade, ficando apenas as opções mais VIPs e consequentemente mais caras.

Recomendamos comprar no site oficial, com certa antecedência assim que souber qual será o dia e o show que deseja assistir.

Comprar no site oficial é a garantia de que seus tickets serão válidos, além do site estar em português, o que facilita muito na hora da escolha dos bilhetes.

6) Utilize o MetroCard ilimitado de 7 dias

metrocard
Concordo que locomover-se por baixo da terra não deixa você “ver nada”, porém, seguindo as dicas de hospedar-se fora de Manhattan, você vai querer economizar também nos passes do metrô.

Um passe simples em Nova Iorque custa $2,75, já o passe livre para uma semana custa somente $30, você pode usar quantas vezes desejar, com intervalos de 18 minutos (para evitar que duas pessoas usem o mesmo cartão).

O uso do Metro Card é pra lá de conveniente, mesmo que você se hospede em Manhattan poderá aproveita-lo ao invés de utilizar os táxis.

Como comprar o MetroCard?
Ao chegar na maquininha da estação do metrô escolha a opção MetroCard, logo, a opção de “7 days unlimited”. Pague com dinheiro ou cartão de crédito. Uma pequena taxa será cobrada pela emissão do cartão novo.

7) Peça táxi pelo telefone ao invés de pegá-lo na rua

Os táxis amarelos de Nova Iorque são mais rápidos de pegar, mas custam muito mais caro!
Os táxis amarelos de Nova Iorque são mais rápidos de pegar, mas custam muito mais caro!

Falando em táxis, em Manhattan é igual aos filmes, você levanta a mão e tem um parado na sua frente, isso é genial mas tem seu custo.

Encontramos um serviço alternativo, que você solicita por telefone e o valor final é muito mais barato.

Seguem os dados:

Você pode pedir em seu hotel que eles liguem para a Pratt e solicitem um carro, normalmente vem aqueles Lincoln muito espaçosos, vale a pena.

O custo comparado com um táxi convencional por exemplo:

  • Manhattan – JFK (aeroporto): U$35 ao invés de U$65;

8) Faça as compras no Outlet Woodbury

É normal encontrar descontos de 60% ou mais em artigos de marca no Woodbury.
É normal encontrar descontos de 60% ou mais em artigos de marca no Woodbury.

Se seu objetivo em Nova Iorque além de conhecer a maravilhosa Manhattan e cidades ao redor, seja também economizar fazendo compras, minha recomendação ficará no Outlet Woodbury, que tivemos o prazer de conhecer e comprar algumas coisinhas.

O Woodbury fica um pouco longe de Manhattan, por esta razão você deve considerar sair cedo, umas 7 da manhã para poder chegar por lá às 8h30.

Existem serviços de transporte como ônibus que parte de Manhattan, o custo do transporte é $35 por pessoa.

Ir de ônibus ao Woodbury não é um problema, mas vejo problema na volta com muita bagagem. Eu e minha esposa enchemos duas malas grandes, transportar no ônibus e depois no metrô seria bastante cansativo.

Portanto, como o assunto deste artigo é economia, vou dar um toque especial sobre um traslado que tomamos, de uma empresa brasileira, que custa somente $200 por trecho, para 6 pessoas.

Tomamos este transporte somente para a volta, mas você pode negociar um preço ainda melhor caso contrate o transporte para ida e volta.

Os dados da empresa são:

  • Contato: Rodrigues
  • Telefone / WhatsApp: +1 (732) 213-8608

Informe que encontrou o contato em nosso blog para obter um preço especial, conversei com o Rodrigues sobre isso!

Vale a pena pois o motorista conhece muito bem a área, é residente nos Estados Unidos há muito tempo e pode inclusive lhe ajudar com dicas de lojas e formas de economizar no Outlet.

Minha dica pontual é a de se planejar, o Outlet é muito grande, você precisa escolher antes de ir quais lojas pretende visitar. Esqueça a possibilidade de ir “procurar” nas lojas, você terá de ir já decidido no que quer comprar.

Gostou? Leva. Não perca muito tempo escolhendo, no Outlet as horas passam voando!

As lojas onde encontramos preços mais convenientes foram:

  • Polo Ralph Laurent (adultos e infantil) – Camisa Polo $60;
  • Tommy Hilfiger – Polo $40;
  • Levi’s (3 calças por $120);
  • MK (bolsas a partir de $100);
  • LOFT (vestidos lindos e baratos);
  • Fóssil (relógios a partir de $100);
  • Calvin Klein;
  • Aldo (sapatos baratíssimos);
  • Adidas;
  • Nike;
  • Lacoste;
  • Guess (bolsas e carteiras baratas);
  • GAP (preços muito baixos);
  • Prada (para os mais exigentes, roupas de $1000 por $400);

Enfim, entre no site oficial do Woodbury e veja a oferta de lojas e programe-se antes de visitar o local para não perder tempo, estivemos 7 horas comprando, sem parar nem para um café, mas mesmo assim o tempo foi curto.

O Woodbury Common Premium Outlet abre as 9h00 e fecha as 21h00, verifique o horário atual no site.

9) Use o ferry gratuito a Staten Island (Estátua da Liberdade)

staten-island-ferry
Se você precisa economizar dinheiro em sua viagem, mas não quer deixar de ver a Estátua da Liberdade, uma boa alternativa é tomar o Ferry gratuito (sim!) para Staten Island.

Este é um meio de transporte da cidade de Nova Iorque, oferecido aos moradores locais, mas que vem sendo muito utilizado pelos turistas pela excelente vista que o barco tem da Estátua da Liberdade.

Você passará em frente e poderá tirar fotos, o percurso ida e volta dura aproximadamente 40 minutos, você somente precisará descer na parada e voltar à fila para retornar a Manhattan.

Local de partida: Sul de Manhattan
Custo: Grátis
Saídas: A cada 15 minutos


Veja Staten Island Ferry em versão ampliada

10) Compre um Chip da AT&T para ter internet

sim-card-at-t
Se você quer economizar dinheiro em sua viagem, deve esquecer de vez por todas utilizar seu telefone no modo Roaming internacional, este é um dos maiores erros dos turistas brasileiros desavisados.

Ao chegar em Manhattan vá até uma loja da AT&T e peça por um chip Pre-Paid, que significa pré-pago em português. É simples e fácil de instalar, claro que seu telefone precisa estar desbloqueado, mas você terá assim um custo fixo de $60 para se comunicar durante todo o tempo que estiver lá fora.

Leia também:
5 dicas para economizar com celular no exterior

Neste plano pré-pago você obtém inclusive SMS e minutos para o Brasil, de todas formas, comunicar-se via Skype e WhatsApp sempre é bem-vindo, além de ter conexão às redes sociais sempre que desejar subir uma foto maneira.

Outra telefônica que pode lhe oferecer planos econômicos e pré-pagos é a Go Smart Mobile, mas é mais difícil conseguir o chip, você terá de buscar muito já que não existem lojas desta empresa, os chips são vendidos em lojinhas, procurei muito até encontrar. O plano mensal custa $40, mais $8 do chip.

Faça isso no dia em que chegar, caso contrário nem valerá a pena.

Há bastante Wi-Fi gratuito em Nova Iorque, principalmente em Manhattan, uma dica especial é que em todo Starbucks a rede é aberta, outro lugar interessante é a praça da Times Square, lá existem duas conexões abertas, uma é a da Sephora e a outra é oferecida por um banco.

Agora, ao escolher um hotel observe muito bem se o Wi-Fi oferecido é “somente no Lobby” ou se realmente tem Wi-Fi gratuito no quarto. Nos hospedamos em dois hotéis em Manhattan, o primeiro somente oferecia Wi-Fi no saguão, já no segundo hotel tínhamos internet também no quarto.

Considerações Finais

Nova Iorque é uma cidade maravilhosa mas sua experiência nesta cidade pode ser reduzida drasticamente caso não contar com um orçamento minimamente planejado, estamos falando de uma das cidades mais caras do mundo, centro financeiro do mundo e um destino turístico pra lá de requisitado.

Com as dicas acima você conseguirá reduzir muito seu custo de viagem, mas seja prudente, pouco tempo e pouco dinheiro sempre é sinônimo de estresse em viagens internacionais.

Espero que aproveite sua viagem, grande abraço, até já.

26 COMMENTS

  1. Adorei as dicas!!! Muito obrigada por compartilhar sua experiência conosco!
    Nunca fiz uma viagem internacional… E o meu grande sonho é conhecer Nova York!
    Gostaria de ir ano que vem, juntamente com meu marido e filhos (8 e 9 anos). Vc pode me informar a melhor época do ano para ir com a família?
    Se alguém também puder me falar quanto eu deveria levar de dinheiro… não tenho a mínima noção 😕😕😕
    Gostaria de ficar 5 dias lá!
    Obrigada! 😊😊😊

    • Olá Marcela, não sei qual é a melhor época do ano, isso é muito relativo.
      Na época de inverno é lindo, com todo o espírito do natal e neve… no verão é tudo mais tranquilo, pois não faz frio, não tem perigo de tempestade de neve.

      O gasto também é muito relativo, com compras, sem compras, com hotel, sem hotel…
      A gente conseguiu economizar alugando no AirBNB una casa compartilhada com os amigos, vocês são 4 pessoas, talvez já valha a pena. Daí pra frente você economiza em tudo, se cozinhar em casa e priorizar passear durante o dia.

      Nova Iorque pode ser bastante barata, se comprar no supermercado para fazer em casa, mas se sair, já sabe, a história está no post.

      Um abraço.

  2. André, não acho que o city pass vale a pena! Muitas entradas dos museus tem dias gratuitos ou pelo preço que você quiser pagar, o preço dado pelos passes é apenas um sugerido pelo museu Além disso é muito difícil em uma estadia de 7 dias conseguir ir em todos os passeios para valer a pena o preço. Eu com certeza não recomendo comprar o city pass/ny pass, acho eu que é jogar dinheiro fora.

  3. Olá, parabéns pela iniciativa! Estou viajando próxima semana para ficar 9 dias em NYC. Aluguei um apartamento pelo Airbnb em Manhattan. Gostaria de informações sobre qual dos passes compensaria mais para esse tempo: NY Pass ou NY City Pass. Agradeço a atenção.

  4. Muito obrigado pelas dicas André, estou indo hoje para NY a trabalho, porém irão me ajudar muito!

    Obs Nunca fui!!!

    Obrigado mesmo!!

  5. André,

    Sensacional este artigo! Engraçado porque conheço várias dicas de economia até mesmo porque gosto de estudar sobre o assunto, mas existem dicas como estas que passou do CityPass que não sabia. Na realidade cada país deve ter algo no estilo do CityPass se não estou enganada porque na Europa, por exemplo, já ouvi falar em um tipo também de passe que se comprar, a viagem fica mega mais barata. Obrigada e sucesso!

  6. Olá André adorei esse site contém todas as informações que viajantes precisam sabe,gostaria de saber mais sobre outlet para compra de blusas e calça jeans!

  7. André, eu aprecio o seu blog, suas dicas de viagem…. É interessante ver você ajudando as pessoas com a viagem delas. Como carioca que reside em New York há 15 anos e também viaja muito eu gostaria de fazer umas observações que pode te ajudar futuramente. Comer: NYC comparada com cidades do Brasil é da europa e uma cidade barata. $50 (2 pessoas) para café da manhã e muito dinheiro!!!! Eu até entendo que o Time Squere é uma área turistica, o novayorquino normalmente evita essa área. Agora pagar esse valor por breakfast definitivamente não é normal. Ao Contrário, em New York você tem comida do mundo todo por um preço bem barato. Woodbury Common Outlet: como te falei já não moro no Brasil há anos, por isso não sei quando essa febre do woodbury começou no Brasil. Eu particularmente não gosto, a maioria dos produtos vendidos lá só são vendidos lá. Quando você compra Ralph Lauren, Armani….Não pense que você está comprando a mesma coleção da lojas regulares, isso inclui qualidade. Cuidado! nem tudo que re-luz é ouro. Será que realmente vale apena deixar as promoções de NY, pagar caro no transporte e ficar 1 hora e pouquinho na estrada para fazer comprar no up state New york? Eu particularmente compro tudo em Manhattan, principalmente na mudança de estações quando quase tudo fica em promoção. André, abraços e boa sorte.

  8. Olá, André! Gosto de ver blogs com dicas sobre viagens e especialmente o seu é ótimo! Iremos na próxima semana para NYC (eu, meu marido, minha filha e o namorado dela). Como iremos no Woodbury, o namorado da minha filha disse que é melhor alugarmos um carro, pois fica mais econômico. O que você acha? Compensa mesmo? Agradeço o retorno, Cláudia

  9. André boa noite! Você não faz idéia do quanto seu site me ajudou,pq estava super perdida e agora esclareci muita coisa, você está de parabéns…

  10. Caraca li tudo e adorei o seu blog! Meus parabéns mesmo. Sempre q eu fizer uma viagem antes vou entrar aqui e dar uma conferida ver se tem o meu destino haha!
    Vou me inscrever no seu blog e te convido para visitar o meu caso tenha interesse porém ele ainda é um bebê rsrs
    Beijos !!

  11. Discordo de algumas das dicas. O City Pass, por exemplo, só vale a pena se você for usar em três atraçãoes por dia, sendo que algumas delas, ou são gratuitas, ou tem preço suerido. Tem o NY Pass também, mas igualmente não acho interessante. Pagar U$ 50 para um café da manhã nas proximidade so Times Square foi uma temeridade! Me hospedei no coração da TS praticamente (diária de U$ 100, uma pechcinha perto dos preços de outros hoteis) e tomava café da manhã no bar da esquina por U$4 ou U$ 5. Você precisa saber onde está indo… Fui no Woodbury e apesar de ter voltado com uma mala lotada, não vi preços melhores do que em Manhatam mesmo. Macy’s e Century 21 tê excelentes preços! E quanto a internet, qualquer Starbucks ou McDonald’s oferece o serviço gratuitamente, então não precisa comprar chip, já que tem uma dessas duas lojas em cada esquina praticamente.

    • Olá Rafael, como vai?
      Todos aqui tem direito de opinar, sua opinião é bem-vinda.

      Gostaria de saber qual das atrações do CityPASS é gratuita, já que os preços individuais são:
      – Guggenheim U$22;
      – Empire State U$29;
      – Top of the Rock (Rockefeller) U$29;
      – MoMA U$25;
      – Estátua da Liberdade U$18;
      – Museu americano da história natural U$22;
      – Circle Line Cruises U$29

      Acabei de levantá-los nos devidos sites oficiais para responder seu comentário.

      Sobre o hotel vai depender muito do seu conceito de conforto e privacidade, acabei de realizar uma busca no Booking.com e o menor preço para Manhattan é: U$118 em um quarto compartilhado (albergue / hostel).

      Para comentar o café da manhã, encontramos preços variados, sendo até 50$ para duas pessoas, publiquei foto de um prato de 20$ sem bebida e comentei que no Brooklyn a uma boa porção para o café da manhã encontrávamos por 5$ para duas pessoas. Falei sobre dois extremos e descrevi que em nossa experiência os preços do Brooklyn são mais baixos.

      Para adicionar informação, tomamos café da manhã em outros lugares de Manhattan, gastando em média de 20 a 30 dólares para duas pessoas.

      Sobre comprar ou não um chip, sim, há internet Wi-Fi em bastante lugar como comentei no artigo, inclusive indicando Starbucks e um ponto estratégico da Times Square, mas ter a liberdade de comunicação é importante para pessoas que viajam mas precisam estar disponíveis por questão de trabalho. O chip indicado custa muito menos que um Roaming Internacional para uma conexão de qualidade, 24 horas por dia, não somente quando “encontrar Wi-Fi”.

      Já falando de compras, visitar Woodbury vale a pena dependendo da marca que você vai comprar.
      Uma polo da Aeropostale custa U$12 no Outlet e na Times Square (mesmo preço), já uma Polo Ralph Laurent custa U$45 no Outlet e U$90 em Manhattan.

      Consegue-se descontos em Manhattan? Sim, mas vai bater muita perna e procurar, isso demanda tempo, tempo em viagem é dinheiro. No Outlet você tem tudo a mão, dedica um dia para isto e finiquita o assunto compras!

      Um abraço.

    • Oi Rafael! Moro em nos EUA a mais de 12 anos e moro a 15 minutos da Big Apple. Trabalho com turísmo em NYC e não sei em que época do ano você visitou, mas U$100 dollares a diária em hotel , não é uma boa referência de hospedagem, pois aqui em NY nada é barato. Manhattan é o custo de vida mais alto dos EUA e você talvez encontre esses preços no Harlem ou Chinatown. Seria melhor procurar um albergue ou online ( airbnb ) do que hotéis bem velhos e sujos, principalmente quando se vai com a família. Seu café da manhã foi muitíssimo barato, principalmente para um bar ( boteco ), onde uma cerveja light custa no mínimo U$8.00 dollares. Tem vários lugares decentes para se tomar um café, jamais aconselharia um bar. Procurem sempre a letra “A” em azul, é a aprovação da vigilância sanitária, tem que estar em qualquer estabelecimento que sirva alimento. Letra “B” em verde não é um bom sinal. Letra “C” em vermelho é por sua conta e risco. Só por curiosidade, pois não tenho interresse em tomar café em um bar, mas qual a letra na porta desse estabelecimento? Em todo caso, nós brasileiros estamos bem acostumados com o estilo “fast food” do Mcdonalds, Wends, Burger King, que além de muito baratos estão espalhados por vários lugares de Manhattan, e o preço pode variar de U$3 a U$5 dollares. Se você não percebeu diferença nenhuma em comprar na Armani da 5th av, na Michael Kors, na Sacks e Woodbury…sinto muito informar, mas dicas de turísmo e principalmente de economia teria que ser a última coisa que você poderia fazer na vida, para começar os impostos custam metade, e muitas lojas nem se paga. Mas deixa pra lá, eu não creio que seu comentário veio com o objetivo de informar, mas sim de confundir. Abraços!

  12. Já estive em Nova York várias vezes, mas adorei suas dicas. Tem sempre alguma novidade, principalmente em alugar casas e o contato com o Rodrigues, uma mão na roda! rsrsrs. Parabéns, André, como sempre nos ajudando muito com dicas no Ipad e agora viagens tb! Abs

LEAVE A REPLY