Hoje o assunto vai ser diferente, não vou falar sobre viajar, mas sim, sobre se mudar para outro país. Venho falar de um país que está chamando a atenção de brasileiros que tem a intenção de emigrar, vou falar do Paraguai, um país no qual entre idas e vindas, já estou há 13 anos.

Mas antes, meu nome é André Darugna, sou catarinense e me mudei para o Paraguai por amor. Não amor pelo país, mas sim por minha esposa, uma bela paraguaia que conheci em 2005 em Balneário Camboriú/SC.

De entrada então, estamos separando a razão pela qual eu vim pra cá, com apenas 21 anos de idade, da sua, que pretende sair do Brasil por questões políticas ou financeiras, para buscar uma vida melhor, ou com intenção de oferecer um futuro melhor para seus filhos.

ATUALIZAÇÃO: Quero comentar que comecei a fazer vídeos no YouTube mostrando como é o Paraguai, assuntos diversos que respondem muitas questões que estão nesse texto, recomendo que você siga para não perder os vídeos novos: MINHA VIDA NO PARAGUAI (YOUTUBE)

Seguem alguns dos vídeos:

Índice de conteúdos

Mudar para o Paraguai é a solução?

Vida de imigrante não é fácil, sua situação no Brasil, ou melhor, a situação do país em si pode não estar boa, mas será mesmo que o Paraguai é a solução para seus problemas?

Muito se fala hoje em dia sobre o sucesso econômico do Paraguai, um país que só em 2013 cresceu 14% e em 2014 em torno dos 8%, de 2015 pra cá vem crescendo na base dos 4%, contrariando a tendência global e principalmente indo na contramão dos fracassos econômicos da região.

natureza-paraguay2

O Paraguai é um país tão discriminado, eu mesmo me senti discriminado durante muito tempo quando as pessoas ficavam sabendo que eu “moro no Paraguai”. Zé povinho acha que morar no Paraguai e cruzar a ponte da amizade com caixas de muamba e contrabando nas costas são sinônimos.

Quero pedir que você deixe todos os seus paradigmas de lado, pois não vou falar de Ciudad del Este, embora goste muito daquela cidade e saiba que é totalmente diferente do que os brasileiros acreditam conhecer. Aproveito para deixar claro que quem vai lá para fazer compras conhece somente uma pequena faixa onde estão os comércios, bem próximo da cabeceira da ponte. O resto da cidade é bastante interessante, com excelente área verde, atrativos, etc.

As pessoas querem se mudar para o Paraguai

Venho falar sobre o assunto de se mudar para o Paraguai porque incrivelmente meu artigo sobre “turismo” no Paraguai teve um sucesso astronômico, se posicionou em primeiro lugar no Google para qualquer consulta relacionada, e muita gente vem pedindo informação sobre emigrar para cá.

Se não leu ainda, 10 coisas para fazer no Paraguai, além das compras.

Acredito, pois não sou economista, que o sucesso do Paraguai neste momento se deva a dois fatores principais:

  • Os países da região estão em crise, em função disso está entrando muito capital estrangeiro no Paraguai, principalmente vindo da Argentina e do Brasil, em razão da crise financeira destes países.
  • O país esteve tão atrasado em comparação com Brasil, Argentina e Uruguai, nos últimos de 60 anos, que qualquer boa intenção de governo seria capaz de conseguir números bastante expressivos.

Vamos então começar, antes de se mudar você precisa saber de algumas coisas e refletir sobre seu desejo, já que ser imigrante não é pra qualquer um!

Você fala espanhol? Mesmo?!

Antes de emigrar você deve estar considerando esse país pois fala espanhol e você não vai ter dificuldades para se comunicar. Bom, pelo menos é o que já li e ouvi, “Estados Unidos / Inglaterra é mais difícil pois fala inglês”.

Não menospreze o espanhol e nunca se esqueça que no Paraguai também é falado o “guarani”, o idioma dos nativos que foi preservado e hoje é utilizado diariamente, mesmo que de forma intercalada com o espanhol, formando o que eles chamam de “jopará”.

No Paraguai eles tem outra cultura

Outro ponto a ser destacado nesta conversa é a cultura, embora você possa se sentir quase em casa, pois o paraguaio gosta bastante do Brasil e é comum escutar música brasileira em festas, em restaurantes, é normal se encontrar com os amigos em churrascarias e tomar chope, religiosamente todo final de semana, a cultura é bastante diferente da nossa.

danza-paraguaia

Mas pera lá, da nossa? O Brasil mesmo é uma caixinha de surpresas, somos todos muito diferentes, quando falo de Brasil e quando infelizmente comparo com o Paraguai, estou falando do meu Brasil, do Sul, de Santa Catarina, mais precisamente de minha cidade e região, listadas entre as melhores em qualidade de vida do país.

Saúde e educação grátis: si, pero no

Vou falar agora sobre alguns pontos cruciais para essa mudança, pois quem está pensando em mudar de país imagina dois pilares, normalmente esperam um equilíbrio destes pilares.

Estou falando de saúde e educação, pública e de qualidade. Se você está pensando em vir para o Paraguai, fique sabendo que não, estas não funcionam da forma em que você pode estar esperando.

Nunca considerei colocar meu filho num colégio público daqui, mas entendo que existem muitos colégios particulares com preços até acessíveis com um nível educacional interessante. Ainda, quero destacar algo que na minha realidade brasileira não era uma constante, o ensino bilingue. Agora que meu filho nasceu, estou estudando as ofertas de colégios e encontrei vários com boa qualidade educativa, bilingue e com preços pagáveis.

asa

Colégios bilingue?
É bastante fácil encontrar colégios que são bilingues, em espanhol e inglês. Mas, como funciona um colégio bilingue? Na teoria as crianças tem aulas de matemática em inglês, de geografia, história, seja lá o que estiverem aprendendo, também em inglês.

Deixa de ser o inglês uma simples matéria, mas se torna parte do dia-a-dia destas crianças, imagine seu filho estudando multiplicação, mas em inglês. Deu pra entender?

Sendo assim, educação de qualidade existe no Paraguai, mas você deveria considerar um colégio particular, para que seu filho possa receber uma melhor qualidade de ensino.

Sobre saúde, a saúde aqui é boa e ruim, ao mesmo tempo. Ruim em que sentido? Da mesma forma que o Brasil, saúde pública totalmente precária.

Mas, existe o IPS, que é o instituto de previdência social, uma espécie de plano médico público privado, não sei explicar bem, mas é focado nos empregados. Como assim? Para ter acesso ao IPS você tem que ser um funcionário registrado, e pagando mensalmente. Mais ou menos como o INSS era no meu tempo, quando morava no Brasil.

Já que falei de INSS, a aposentadoria aqui funciona um pouco diferente, mas acredito que se você está emigrando, não está pensando nisso. Ao vir para cá vai pode perder os anos em que colaborou com sua aposentadoria, e teria que começar uma conta nova. Ouvi falar, mas não tenho certeza que você pode transferir estes anos de trabalho em razão do Mercosul, mas você teria que se informar melhor sobre o assunto.

Para se aposentar aqui você precisa ter no mínimo 60 anos de idade e 25 anos de trabalho, pagando por essa aposentadoria. Assim, receberia 100% da média salarial dos últimos 36 meses.

Voltando ao assunto da saúde, aqui em casa nós possuímos plano de saúde privado, dois adultos (33 e 32 anos) e um bebê (1 ano), custa aproximadamente 880.000 guaranis, que são uns 550 e poucos reais. Ele nos dá acesso a bons hospitais e nos ajudou muito quando minha esposa ficou doente, ela inclusive superou a “cota de uso” esperada pelo seguro, mas eles não cobraram nada extra.

O próprio parto da minha esposa foi num quarto excelente, ambiente aconchegante, tudo muito bonito, muito legal. Praticamente todos os exames que fazemos estão inclusos, o pediatra está incluso, a maioria dos médicos que vamos estão também no pacote, etc.

Ela ainda é registrada no IPS, graças a isso, agora depois de 2 anos pagando um remédio que custa em torno dos 2.200 dólares por mês, ela vem recebendo gratuitamente, já retirou muitas vezes, sem pagar nada graças ao “Instituto de Previsión Social”.

Transporte público

O transporte público em Assunção é bastante precário, esqueça terminais urbanos, esqueça até pontos de ônibus, eles por aqui praticamente não existem.

A realidade está melhorando pois o governo está investindo nisso recentemente, já circulam muitas unidades novas em Assunção, inclusive com ar-condicionado. A passagem para esses ônibus climatizados custa relativamente mais cara, aproximadamente Gs. 3.600. As obras do “Metrobus” estão a todo vapor, este sistema de transporte vai melhorar a qualidade de vida de milhões de pessoas que utilizam o transporte público para ir trabalhar.

Realidade do transporte público no Paraguai, que em breve ficará como lembranças do passado.

Realidade recente do transporte público no Paraguai, que em breve ficará como lembranças do passado.

A passagem custa Gs. 2.200 para o comum e 3.600 para o ônibus com ar-condicionado, moedas a mais, moedas a menos, não uso o transporte público há muitos anos, mas quando me mudei para o Paraguai pegava o ônibus todo dia para ir trabalhar.

Agora, claro, se você está vindo para o Paraguai para investir, já com uma base, como é de fato a forma mais recomendada de como as pessoas deveriam pensar em vir para cá. O ônibus não vai lhe interessar muito, vou falar rapidamente sobre automóveis.

Carros importados mais baratos?

Antes sim, era muito mais barato comprar carros no Paraguai do que no Brasil, mas, como toda economia baseada em “bolha”, os preços ficaram muito altos.

Existem modelos mais baratos aqui, outros mais caros. A facilidade aqui é poder importar carro usado, então rolam umas ofertas interessantes em Mercedes Benz, por exemplo, importadas dos Estados Unidos, ou alguns modelos japoneses, importados via Chile.

Em preços de 2017, um Picanto Manual, modelo básico sai à vista USD 8.900 no Paraguai, já o mesmo modelo fica por R$40.990 no Brasil, que no câmbio atual são uns R$10.000 de diferença (mais barato no Paraguai).

Vai depender de cada caso, mas os preços de carros no Paraguai subiram muito ultimamente, antes sim eram sempre menores se comparados ao Brasil.

O que tem de melhor para quem procura um bom carro, com um preço acessível, são os carros importados do Japão. Eles vem em excelente estado de conservação, marcas como Toyota, Nissan, Subaru, entre 5 e 10 anos de uso, completos com ar-condicionado, direção hidráulica, 4 portas, vidros elétricos, abs, airbag… carros assim você consegue a partir de 12 a 15 mil reais.

Como funciona a moradia / aluguel no Paraguai?

Agora, que tal falar sobre moradia? De fato, em Assunção existem muitos bairros, é claro, e o preço varia de bairro para bairro. Eu considero que nesse momento a bolha é tão grande que o preço dos alugueis seja altíssimo, o que eu pago pode ser considerado barato, diga-se de passagem.

Para exemplificar, quando eu escrevi originalmente este artigo, morava em Lambare, uma cidade vizinha de Assunção, tipo região metropolitana, é tudo conurbado, você nem percebe que troca de cidade. Bom, não perceberia, mas Lambare consegue ser pior que Assunção em infra-estrutura que você se dá conta rapidamente que aconteceu alguma coisa.

Atualização: Lambaré é uma cidade que está melhorando muito ultimamente, o prefeito atual está trabalhando muito bem e dá pra notar as obras e melhorias. Inclusive o setor privado tem investido bastante, agora temos 2 shoppings e inclusive cinema de excelente qualidade.

Bairro revitalizado em Assunção - Loma San Jerónimo

Bairro revitalizado em Assunção – Loma San Jerónimo

Naquela altura pagava 3.300.000 guaranis, mais ou menos 2200 reais de aluguel. A casa tinha três quartos, uma sala de tamanho médio, um quintal pequeno no fundo, dois andares, quartos grandes. Eram 220 metros quadrados, duas vagas de garagem, condomínio fechado e guarda 24 horas.

Quero ressaltar, o bairro não era uma maravilha, do lado do cemitério, por sorte tínhamos o clube pertinho, com opções de lazer, quadras de tênis, golfe, academia, piscina, etc. que se torna uma boa forma de escapar dos problemas da cidade grande.

É claro que como toda cidade grande, existem bairros excelentes e bairros mais complicados. Assunção não é perigosa como Rio de Janeiro ou São Paulo. Naquele bairro há muita diferença social, você vê casonas e condomínios de um lado, e logo, uma rua de casinhas mais precárias.

Eu por ser bastante desconfiado não me arrisco muito pelas ruas, mas em 13 anos morando no Paraguai nunca fui roubado, embora tenha ficado sabendo de vários roubos menores (celular, dinheiro, etc.).

Assunção é muito grande, você pode chegar a demorar 40, 50 minutos para chegar em algum lugar, por isso é importante escolher bem onde você vai morar, para não sofrer com o trânsito caótico da capital.

Sim é um caos, bastante desorganizada, embora tenho visto melhoras ultimamente, ainda está complicado se locomover.

Depois de voltar da Espanha onde fomos estudar um mestrado (detalhes disso mais pra frente no artigo), alugamos um pequeno apartamento de dois quartos, 1 banheiro, sala e cozinha, por Gs. 3.000.000 (uns 2 mil reais). Não tinha nada de especial no apartamento, mas era novinho, ninguém tinha morado nele ainda, o prédio só tinha guarda noturno.

Enfim, sobre moradia cada caso é um caso, mas se você encontrar algo na faixa de preços que citei, provavelmente será de padrão médio, ajeitado, ambos casos eram construções novas. Existem opções mais baratas, claro, tudo é questão de você procurar algo de acordo com sua expectativa/necessidade.

Atualização:
Estamos construindo nossa casa própria, em breve estaremos morando em um lugar muito bacana, dentro do clube que mencionei acima, um bairro residencial, muito tranquilo, com opções de restaurantes e diversão do ladinho de casa.

Em breve atualizarei com fotos dela terminada, assim que ela ficar pronta, mas estamos muito contentes em estar realizando essa conquista. A previsão é terminar em outubro/2018. Abaixo, fica a foto dela no processo de construção:

Saímos do apartamento para não renovar o contrato, já que a obra vai ficar pronta muito em breve, atualmente estamos morando na casa da minha sogra, que mora sozinha numa casa muito espaçosa. Estamos bem, perseguindo nosso sonho, se tudo der certo em Outubro nos mudaremos para nossa casa própria.

Vale a pena investir no Paraguai?

Chega de papo, acho que já falei sobre saúde, educação, transporte e moradia. Agora é hora de falar sobre e economia, pois provavelmente você está pensando em vir investir aqui.

Olha, sinceramente eu somente consideraria me mudar para o Paraguai se fosse para abrir um negócio ou com uma oferta de emprego garantida, vir para cá para buscar emprego, não é a melhor opção atualmente meu amigo. Se você está pensando em vir aqui para disputar vaga, sinceramente, precisa ter um currículo invejável para se destacar e conseguir ganhar bem.

Tenho que adicionar a informação de que, para determinadas profissões tem muito trabalho, sobretudo para engenheiros, portanto nesse caso até vale a pena vir para o Paraguai procurar emprego.

Eu conheço pessoas ricas, pessoas bem de vida e pessoas de classe trabalhadora, infelizmente a classe trabalhadora não tem uma vida muito confortável.

Aqui, por exemplo, uma empregada doméstica ganha com sorte 850 reais por mês, para trabalhar de segunda a sábado. Isso é o que eu pago para a minha, mas sou sincero em dizer que sei de gente que paga a metade disso. O salário mínimo da doméstica no Paraguai é a metade do salário mínimo vigente (R$ 1.450), portanto fica em torno de R$725 (calculei o câmbio em 1410 guaranis por real, isso flutua sempre).

Vir aqui procurar oportunidade nesse tipo de trabalho não é a melhor escolha.

Para se mudar para o Paraguai, considere investir em alguma coisa. Não precisa ser muito dinheiro, ideias simples podem fazer toda a diferença, aqui tem muita oportunidade, tem um mercado crescente e carente de oferta.

Exemplo: conheço um brasileiro dono de pizzaria, abriu o restaurante num “mall”, tipo centrinho comercial, pequeno, com alguns locais de comida e lojinhas. – O negócio dele vai muito bem obrigado, sempre cheio!

É aqui perto de casa, como falei antes, moro num bairro um pouco afastado, então termina sendo uma das nossas melhores opções. Ele faz uma pizza de primeira qualidade, difícil encontrar tão boa assim por aqui. Nem é caro, termina sendo 30 reais para duas pessoas, uma pizza média com refrigerantes.

Enfim, a pizzaria dele está cheia, sempre que vou lá ela está bombando.

Oportunidade de investir em franquia no Paraguai

Depois de receber inúmeras mensagens de leitores aqui do blog, decidi buscar maior informação sobre as oportunidades que existem no país. Foi então, que conheci uma franquia brasileira que está chegando com tudo, oferecendo oportunidade de negócios no Paraguai a partir de R$15.000.

Quero lhe convidar para ler o artigo que escrevi sobre o assunto:

No artigo lhe comento sobre as vantagens de investir numa franquia ao invés de abrir um negócio independente, entre elas, você obtém uma assessoria completa. Veja bem, investir no próprio país já é difícil, imagine agora investir num país estrangeiro.

Lhe conto a razão de que empresários brasileiros, argentinos e uruguaios estejam preferindo investir no Paraguai. Entre elas estão:

  • Impostos justos (entre 5 e 10%)
  • Alta qualidade de vida
  • Oportunidades
  • Retorno rápido ao investimento

Qualquer coisa, se tiver dúvidas sobre esse assunto, pergunte no artigo sobre franquias ok?

Vale a pena estudar medicina no Paraguai?

Muita, mas muita gente está me consultando sobre estudar medicina no Paraguai. Vamos aos fatos:

  • Estudar medicina no Brasil é muito caro
  • Estudar medicina no Paraguai segundo dizem, custa em torno dos R$2.500 por mês
  • Esse orçamento já conta com custos da faculdade, moradia e alimentação
  • Você se formará médico, podendo exercer somente no Paraguai
  • Mas, poderá fazer o REVALIDA mais tarde para exercer no Brasil

A universidade mais “procurada” ou “famosa” por receber brasileiros é a UMAX (Universidad Maria Auxiliadora), que tem sede na capital Assunção.

O que eu posso lhe falar sobre o assunto é o seguinte, falei com a UMAX e tirei algumas dúvidas. Eles estão habilitados pelo MEC do Paraguai, portanto, quem se formar será médico e já poderá exercer.

A primeira turma de médicos se formou em 2014, ou seja, é uma faculdade relativamente nova (a Universidade é de 2008), e já tem médicos trabalhando no Brasil graças ao Mais Médicos e Revalida.

No Paraguai não existe vestibular, para entrar basta pagar a matrícula, eles oferecem inclusive matrícula grátis durante um período.

Não exigem espanhol, mas oferecem uma matéria chamada justamente Espanhol na grade curricular para que os alunos brasileiros possam ir melhorando seu vocabulário. Convenhamos que é tudo muito parecido, embora você venha a falar um portuñol, vai dar certo.

O site da UMAX é uma verdadeira vergonha, e isso pode até assustar alguns brasileiros que podem acreditar que se trata de um golpe. É tudo tão amador que dá medo.

Eu já passei em frente da UMAX muitas vezes, ela existe, as pessoas conhecem, e você pode acreditar. Falei com pessoas que estudam lá, elas dizem que gostam.

Sobre a qualidade de ensino, eu não conheço, nunca estudei lá. Ela não é das mais reconhecidas no Paraguai, as mais reconhecidas seriam UNA (Universidad Nacional de Asunción), UCA (Universidad Católica de Asunción), UAA (Universidad Autónoma de Asunción), UA (Universidad Americana), Uninorte e UP (Universidad del Pacífico). Mas a UMAX ainda é uma opção viável.

A UNA é muito difícil de entrar, inclusive para os paraguaios, que precisam tentar 2, 3, 4 anos até conseguir, já que eles possuem um curso para ingressar, que não é vestibular, são 6 meses de aulas e provas, muitos ficam pelo caminho.

A UCA é bem mais cara que a UMAX, na UAA não sei se tem medicina, na UA não tem, na UNINORTE e UP tem mas não sei quanto custa.

Vale a pena estudar medicina no Paraguai?

  • Você tem um sonho, não tem?
  • A forma de realizar seu sonho é estudar no Paraguai, pois no Brasil é muito caro, não é?
  • Mais tarde com o Revalida você pode trabalhar no Brasil, não pode?
  • Você corre o risco de gostar do Paraguai e querer ficar, pode acreditar.
  • Médicos ganham bem no Paraguai, e vivem como reis.
  • Você vai conhecer outra cultura, aprender um novo idioma e se formar, tá com medo ainda?

Eu acredito que se o seu sonho é estudar medicina, e você não tem dinheiro para estudar no Brasil, realmente vale a pena. O Paraguai é um país que tem muitas carências, sim, é um país pobre, mas isso não significa que eles não possam formar bons médicos.

Vou no médico como qualquer ser humano, a maioria deles estudou no Paraguai (não me lembro de ter sido atendido por um estrangeiro), nunca morri, por isso estou escrevendo esse artigo. Se você tem medo da qualidade de ensino, seja realista, no Brasil não é tudo mil maravilhas não.

O Paraguai tem seus probleminhas, mas dentro de tudo oferece qualidade de vida com um custo muito inferior, principalmente se você vai vir para estudar, sem muita pretenção, sem querer alugar uma bela casa, um grande espaço, com grande conforto. Se é pra estudar você aluga um quarto e se forma, não é mesmo?

O pessoal é receptivo, será fácil fazer amigos e o ambiente jovem é muito atrativo, sempre tem festinha, sempre tem churrasco e você vai gostar, tenho certeza.

Se sua família está preocupada, convide eles para vir conhecer, a capital é uma cidade grande, tem muita coisa bacana para ver e eles vão se sentir mais tranquilos depois de ver.

Considerando que você não consegue estudar no Brasil em razão dos custos, não vejo razão de deixar seu sonho de lado, pelo menos tente, é melhor se arrepender de algo que você tentou e não gostou ou não deu certo, do que passar o resto da vida imaginando como seria se tivesse feito!

Minha experiência como trabalhador e empreendedor

Quero comentar um pouco sobre minha carreira profissional, que praticamente se iniciou aqui, eu havia trabalhado somente em duas empresas no Brasil.

Aos 21 anos comecei a trabalhar em agências de publicidade, ganhava Gs. 1.700.000, isso lá em 2005. Era uns Gs. 500.000 a mais que o salário mínimo.

Com o passar dos anos, cheguei a ganhar um máximo de 5.500.000 na agência, no ano de 2010. Para mim era um excelente salário, solteiro, morava num apartamento de dois quartos, fazia muito muito freelance (trabalhos extras). Ganhava minimamente 8, 9… 10 milhões de guaranis no final do mês, somando os extras.

Raramente eu via pessoas da minha idade ganhando tão bem, de fato, até hoje em dia 10 milhões por mês representam uma grana boa, dá para viver bem. 10 milhões são mais ou menos 6.000 reais, para lhe ajudar com o câmbio.

Em 2014 empreendi uma pequena empresa em Assunção, tudo correu bastante bem e a empresa era bastante rentável, deixando de 5 a R$6.000 de lucro por mês. Minha grande dificuldade foi conseguir um funcionário confiável para gerenciar a parte de produção, para poder me liberar deste serviço.

Depois, tive problema em conseguir um serviço de entregas eficiente, já que não tinha um fluxo de vendas suficiente para ter meu próprio motoboy. Atrasos eram frequentes, os clientes reclamavam muito. Com esses problemas, sendo para mim somente um “negócio extra”, surgiu uma oportunidade e vendi a empresa.

Mas tenho certeza que investir em empresa no Paraguai é um excelente negócio, pois ganhei muito dinheiro com a minha, embora tenha investido muito mais tempo do que planejava nela, e ainda, tenho planos de abrir uma nova empresa nos próximos meses.

Atualização:
Estamos em 2017 e eis que estou me aventurando novamente a empreender no Paraguai, abri uma agência de publicidade digital, algo totalmente focado na minha área, buscando explorar o mestrado que cursei na Espanha.

Estou gostando da experiência, está correndo tudo bem. Hoje atendo três marcas internacionais, duas na área de beleza e uma na área de alimentação/bebidas, além de outras marcas de menor expressão.

É bom morar no Paraguai?

Isso é muito relativo, embora eu esteja aqui há 13 anos sinto muita saudade do Brasil e determinadas coisas nunca terminei por me acostumar. Mas como o país oferece muita oportunidade, economicamente é muito vantajoso para nós.

Na verdade não conheço brasileiros que querem ir embora do Paraguai, conheço vários casos que foram clientes da minha esposa, que é advogada especialista em imigração, inclusive o primeiro trabalho dela nessa área foi meu visto, lá em 2005 quando vim morar aqui.

lago-ypacarai-paraguay

Daí pra frente surgiu a oportunidade de trabalhar com isso e ela hoje é referência nesta área. Ela chega a conseguir visto até para os chineses, que não mantém relação diplomática com o Paraguai, estes caras tem grande dificuldade de conseguir vistos, em razão do grande problema da máfia chinesa. Mas ela é craque!

Como se legalizar no Paraguai?

Falando em visto, você deve estar se perguntando como vai ser o processo de legalização. Eu não sou o cara nisso, quem sabe das coisas é realmente a Karen (minha esposa), mas vou falar sobre o que tenho entendido, talvez não seja a informação precisa, mas será bastante aproximada.

Basicamente você tem várias formas de obter um visto de residência, a mais simples seria um visto para integrantes do Mercosul, com o objetivo de buscar trabalho. Você não precisa ter uma carta oferta, já que você vem para procurar a vaga, mas esse visto é temporário.

Existem tipos de visto para pessoas que vão investir no país, e a exigência é pequena, se não me engano são 5 mil dólares, esse dinheiro precisa ser depositado em uma conta do BNF, ficar lá por algo em torno de três meses, até seu visto ficar pronto (o dinheiro é seu, a conta fica no seu nome).

Existem também vistos para profissionais. Vamos supor, que você seja um engenheiro, vai fazer os papéis para reconhecer seu diploma aqui, vai poder solicitar um visto para vir trabalhar aqui. Você poderá fazer uma “declaração jurada” de que é profissional autônomo, e se compromete a “ganhar” X quantidade de guaranis mensalmente, exercendo sua profissão aqui.

Eles tem boa abertura para profissionais e investidores, pois o país precisa crescer, tem carência em determinadas áreas e isso é um ponto muito favorável para você que está pensando em imigrar pra cá.

Como tem muita gente pedindo o e-mail da minha esposa nos comentários, vou colocar aqui abaixo um formulário para entrar em contato, ela responderá assim que for possível.

Atualização:
Tive que tirar do ar o formulário pois as pessoas simplesmente não tem feito contato de forma coerente. Algumas chegam a pedir emprego no Paraguai e esse nunca foi nosso objetivo.

Neste artigo eu somente estou contando minha experiência de vida e algumas coisas que sei a respeito do país. Não tenho como saber quanto ganha um “técnico em tal coisa”, um “padeiro”, um “marceneiro” ou “se tem vaga em XXXX”.

Inclusive quero esclarecer que se você perguntar isso nos comentários ou nas minhas redes sociais, vou ignorar, pois naturalmente você não está se dando conta de que é impossível que eu tenha essa informação.

Gente, sejamos realistas, esse tipo de pergunta não tem sentido. Vocês acham que eu abro o jornal todo dia de manhã, seção classificados, e fico procurando o que tem de vaga para saber a média salarial de um tipo de profissão?

Minha intenção foi contar que sim, eu gosto de morar no Paraguai, sou feliz e acredito que vale a pena. No resto, minha esposa pode ajudar somente no processo de legalização, ou seja, visto de residência, justamente pois é advogada especialista nesta área.

Outro esclarecimento, minha esposa é advogada Máster em Direito Empresarial, o foco dela é na assessoria jurídica para empresas e empresários (familiares que acompanham também). Ela não trabalha na obtenção de vistos de estudantes.

Por favor, não me peçam emprego, não me digam que estão desesperados com a situação do Brasil, que precisam de ajuda, eu não posso lhes ajudar com outra coisa.

Como obter a cidadania paraguaia?

É um processo longo, estou adicionando essa informação depois de meses em razão da incontável quantidade de pessoas que perguntam a mesma coisa.

Quem poderá lhe explicar isso direitinho é minha esposa, que é advogada. Mas basicamente você pode obter a cidadania paraguaia se for filho de paraguaio/paraguaia, se morar aqui há muito tempo, entre outras formas. Acredito que terá que optar por perder a cidadania brasileira no caso.

Mas como ponto positivo, o visto de residência permanente lhe dá quase todos os direitos e obrigações que um cidadão tem, com exceção do voto para presidente, portanto, não é necessário fazer esse pedido, a não ser que você tenha uma razão muito específica para isso.

Quais áreas estão precisando de gente?

Áreas em que você como profissional autônomo ou empresário poderá desempenhar, na verdade não sei, pois isso é muito amplo, mas vejo grande possibilidade de ter sucesso no ramo alimentício, sei que engenheiros sempre estão sendo requisitados, de todo tipo. Estou sabendo de grande carência no setor de tecnologia, o mercado da internet aqui é muito mal explorado, inclusive de aplicativos.

Existe grande negócio no interior, mas isso não é novidade, o rei da soja é brasileiro e tem suas terras aqui no Paraguai, sei de vários fazendeiros e agricultores brasileiros tendo enorme sucesso por aqui.

Estou adicionando esta informação depois de muitas perguntas… Não sou consultor, não conheço todas as áreas, pense em mim como uma pessoa normal que está contando sua experiência de vida aqui, e falando de outros brasileiros que conhece e sabe que vive bem. Mas não me pergunte se tem como trabalhar com X, Y ou Z, já que eu não consigo lhe passar essa informação precisa.

Estão precisando de gente? Pode ser que sim, pode ser que não. Vai depender muito de seu currículo, de sua experiência, aqui toda e qualquer pessoa que tem muita experiência vinda do Brasil, consegue colocar-se rapidamente no mercado.

Agora cuidado, uma pessoa perguntou nos comentários assim:
“Tenho dinheiro para uma semana, posso ir tranquilo?”

Pelo amor de Deus gente, acho que pra nenhum lugar do mundo você deve se mudar com dinheiro pra sobreviver um mês. Sejamos realistas, esse é o planeta Terra, as coisas custam dinheiro e você estará se mudando para um país estranho, sem conhecer ninguém, como pensa que vai cair um emprego no colo assim?

Onde procurar emprego?

Esses links não estão por ordem de “preferência”, veja em todos eles e procure algo em sua área.

Segurança

Em linhas gerais, o povo gosta de morar aqui, é tranquilo, não tem a violência tão escancarada que há no Brasil, mas não posso vir aqui dizer que não rolam uns assaltos de vez em quando.

Normalmente aqui é bem tranquilo, essa é uma das coisas que todo brasileiro comenta depois de vir morar no Paraguai. Não se escutam tiros (no Rio isso é rotina), não se sabe de muitos casos de violência na rua, enfim, como qualquer lugar pode acontecer, mas não é tão escancarado como no Brasil.

Você vai sentir muita saudade

Eu sou um cara durão, não tenho o costume de demonstrar meus sentimentos, tenho plena consciência da distância, lido com isso há mais de 13 anos, pois antes de morar no Paraguai, morei também na Argentina. Além disso, já com minha esposa moramos na Itália e Espanha, a saudade sempre esteve presente.

Realmente depois de tanto tempo meu caso já foi superado, consigo lidar bem com isso, mas reflita, você vai estar preparado para largar tudo e morar longe das pessoas queridas? Tem certeza que não vai ficar aqui de corpo, mas com a mente aí?

Arpista no restaurante Paraqvaria do Hotel Boutique La Misión - Assunção - Paraguai.

Arpista no restaurante Paraqvaria do Hotel Boutique La Misión – Assunção – Paraguai.

Se há uma coisa que aprendi ao longo destes anos é que não posso viver lamentando pelas coisas que perdi ao vir pra cá, pois não vai mudar a história, o tempo não volta atrás. Depois de 13 anos, me dei conta de que embora seja totalmente viável ter sucesso por aqui, por mais que eu não conheça um brasileiro que veio para cá e não se “deu bem”, a vida não funciona somente com base no dinheiro.

Existem certas coisas com um valor que o dinheiro não compra, como as grandes amizades, os parentes queridos por perto, enfim, só estou comentando que isso gera um desconforto. Infelizmente ao mudar-se de país você perde muitas coisas.

Estabilidade econômica vs. Qualidade de vida

Vale a pena o sacrifício para uma vida econômica tranquila? Vale a pena deixar de lado seus valores, sua cultura, uma melhor qualidade de vida?

As pessoas confundem ter qualidade de vida com ter dinheiro, isso é totalmente errado. É muito provável que você empreendedor, empresário ou profissional qualificado, vai se mudar para o Paraguai e terá sucesso, vai fazer dinheiro pois aqui há muitas oportunidades.

Mas engana-se quem pensa que isso basta, a situação do país em si leva qualquer ser pensante a se dar conta de que não é bem assim. Se você procura trocar de país para buscar um lugar melhor, o Paraguai não é um paraíso, difícil dizer que é melhor que o Brasil em alguma coisa, tem tantos problemas quanto o Brasil e mais outros exclusivos deles.

Isso vem mudando, claro, a sensação de corrupção está diminuindo, o governo do Presidente Horacio Cartes tem feito grandes obras e podemos ver que há transformação, mas ainda falta muito por fazer.

De todas formas, Assunção hoje precisa urgentemente de um sistema de transporte eficaz, já é mais do que necessário um metrô, para desabastecer o trânsito e permitir que as pessoas que moram na região metropolitana possam vir trabalhar mais rapidamente.

Mas ainda não há nem mesmo um sistema de ônibus decentes, não existe nenhum terminal urbano, é comum as pessoas pagarem duas, três passagens para poderem chegar ao trabalho. Eu não conheço uma cidade grande no Brasil que não tenha um transporte integrado, com possibilidade de trocar de linha num terminal, com paradas bem sinalizadas.

No Paraguai quando você vê um ponto de ônibus até se surpreende. As pessoas aqui param os ônibus em qualquer lugar, levanta a mão e o busão para, sem noção e isso atrapalha muito o trânsito de forma geral.

A qualidade asfáltica é terrível, você sai de casa e parece que está o dia todo numa montanha-russa.

Em 2015 começaram as primeiras obras de rede de esgoto pluvial, novidade para eles. A realidade da maioria das ruas continua sendo a água da chuva correndo livremente, não pode chover que inunda tudo.

Podem parecer comentários negativos, mas é a verdade. Você está buscando informação, eu estou aqui para lhe contar como é de verdade. Muitos artigos maravilhosos, muita história de como o Paraguai é incrível, e todos gostam muito, sou dos poucos que irá falar a verdade.

Também posso falar sobre as coisas boas do Paraguai, de fato, tenho um artigo sobre 10 coisas para fazer no Paraguai, além das compras, que tem mais de 6500 likes no Facebook. Um artigo que fala muito bem do país, ilustrando as ofertas de turismo que poucas pessoas conhecem.

Falar bem é fácil, quero ver falar a verdade!

É fácil falar bem, incentivar as pessoas a conhecerem, vão vir de viagem, vão conhecer as coisas boas e vão embora contentes. Mas quando falamos de mudar de vida, de emigrar ou imigrar, depende do ponto de vista, é preciso falar a verdade.

Laguna Blanca - Departamento de San Pedro - Paraguai

Laguna Blanca – Departamento de San Pedro – Paraguai

Vivo bem no Paraguai, não conheço brasileiros que vivem mal, mas estou falando de sucesso econômico, falando de ganhar dinheiro, ter poder aquisitivo. Mas isso não resume qualidade de vida, pelo menos não na minha opinião.

Eu sei, o Brasil não é muito diferente, blablabla. Olha, quando a gente cruza a fronteira imediatamente se da conta de que o Brasil em infraestrutura está muito melhor. Mas mesmo que não estivesse, que fosse a mesma coisa, você vai emigrar buscando melhorar sua vida, saiba que no Paraguai você encontrará um mercado aquecido, mas num país pobre que está tentando crescer.

Quero deixar claro, você pode se dar bem no Paraguai, pode chegar a adorar, como conheço muitos brasileiros que são totalmente apaixonados por esse país, mas vai depender de seus valores, de seu objetivo de vida.

Tem gente que quer ficar rico, e o dinheiro lhe traz felicidade, eu aprendi com o passar do tempo que para mim, a felicidade está nas pequenas coisas, nos momentos de paz e tranquilidade.

Estou no Paraguai pois tenho minha esposa aqui, ela é advogada e não pode exercer fora do país, economicamente pra gente é muito vantajoso que ela trabalhe, como também, é inevitável que ela goste de sua profissão e deseje exercer. Fico por aqui pois posso exercer a minha em qualquer lugar, depois de 13 anos, além de família (filho e esposa), tenho amigos e francamente, depois de tantos anos aprendi a gostar daqui.

Outro ponto para se ter em conta, é que quando você emigra para um país mais desenvolvido, é muito difícil conseguir trabalhar em sua profissão. Eu mesmo tive a experiência de morar na Espanha recentemente, além de ser muito difícil conseguir trabalhar na área, os salários são baixíssimos em razão da concorrência.

Morando no Paraguai, somente pelo fato de você ter um diploma brasileiro, você já está um passo à frente, pois estudou no ‘exterior’. Essa é uma das coisas que me faz pensar que tudo valeu a pena.

Aqui você tem oportunidades, um país em crescimento sempre oferece chances de você crescer também como profissional.

Problemas sociais…

Vou falar dessa parte, pois como no Brasil, o Paraguai também sofre com governos ruins, corrupção, péssima administração e tem muitos problemas sociais, sobretudo desigualdade social.

No Paraguai a diferença de classes sociais é muito notável, mas como a economia é liberal, quem tem conhecimento e força de vontade, consegue subir de classe, diferente de outros lugares em que a burocracia é tamanha que fica impossível a pessoa melhorar de vida.

cuidacoches

O fato é o seguinte, se você se mudar com conhecimento, com disposição, com algum dinheiro para investir, será bem mais fácil se dar bem. Aqui o imposto é muito baixo, em torno dos 10%. O mercado é aberto e a economia está bombando…

Se você mudar para um país europeu, ou para os Estados Unidos, por exemplo, não vai ser fácil exercer em sua área, será mais complicado (talvez caro) empreender. No caso da Europa, comentarei pois conheço, empreender é extremamente caro, tratam-se de economias mais estáveis e com grande concorrência.

Prós e Contras

Nessa altura do artigo, acredito que já seja necessário fazer um pequeno resumo de tudo o que falei. Sei que escrevi muito, são sensivelmente 8000 palavras de experiência pessoal e nem todo mundo vai ler até aqui.

Vamos lá para os prós e contras.

Prós:

Há muita oportunidade para crescimento, principalmente no que diz respeito a abertura de negócios e investimentos no país. Se você pensa em investir estará fazendo provavelmente uma boa escolha ao se mudar para o Paraguai.

Contras:

O Paraguai possui todos os problemas políticos e sociais do Brasil, juntos, misturados e com as inovações daqui. O país é pobre, tem carência em absolutamente todos os segmentos onde o governo deveria atuar.

Opinião pessoal:

Tenha um projeto, não venha para o Paraguai somente em razão dos problemas que estão passando em nosso país. Aqui acontece as mesmas coisas e ninguém reclama, isso é o pior de tudo.

Se você tem dinheiro para investir, faça uma visita, venha conhecer e dialogar com o “Foro Brasil”, que é uma associação de empresários brasileiros, que ajuda outros empresários a abrir suas empresas no país.

Economicamente posso dizer que vale a pena, principalmente nesse momento de crise no Brasil, você não precisa vir para sempre, mas pode dar uma escapadinha da crise e seguir crescendo, expandindo, seus negócios.

Fui embora do Paraguai em 2015, mas…

Depois de 10 anos morando no Paraguai, nos mudamos para Madrid na Espanha, para estudar uma pós-graduação.

Por ser cidadão italiano, ir embora do Paraguai sempre esteve em minha mente, mas antes não tinha um projeto. Fomos para Madri, para estudar uma pós-graduação.

Devo contar também que já havíamos morado um curto período de tempo na Itália em 2013, foi um período de teste mesmo, deu para entender o que acertamos e o que erramos, para tentar se mudar de forma sustentável, para que desta vez funcione por bastante tempo. A intenção de se mudar para Madrid era para ficar mesmo, pelo menos pra mim.

Quando fomos para a Itália não tínhamos objetivo, a ideia era mudar para viver num lugar “com melhor qualidade de vida”. Eu não precisei procurar um trabalho, tenho negócios que faço pela internet, minha profissão permite isso. Mas não deu certo, com o passar do tempo minha esposa não tinha nada pra fazer, começou a se sentir deprimida e decidimos voltar.

Antes de mudar para Madrid, fiz um balanço daqueles 10 anos primeiros anos no Paraguai e o saldo foi positivo. Eu digo que vale a pena morar aqui, embora não possa comparar como seria morar no Brasil, pois me mudei pra cá com 21 anos, nessa idade a gente entende pouco ou nada da vida.

Sobretudo, boa parte desse saldo positivo é que minha relação com minha esposa funcionou e continuamos casados depois de muito tempo, com um filho lindo e uma vida confortável.

Mas depois de terminar o mestrado voltei para o Paraguai!

Como você acabou de ler, eu e minha esposa fomos para a Espanha, terminou o mestrado e decidimos voltar.

André, o que aconteceu? Não deu certo na Espanha?
Como não vai dar certo? Fomos estudar um mestrado, terminamos, tivemos bastante tempo para pensar na vida e entender melhor como as coisas funcionam.

Como foi a experiência?
Excelente, a Espanha, como a maioria dos países da Europa conta com uma infraestrutura incrível, um transporte público invejável, metrô, ônibus, rodovias maravilhosas. Moramos em Madrid e as ruas são tranquilas, praças belíssimas, de um tudo pra fazer e aproveitar. Nesse tempo conseguimos viajar muito e conhecemos diversos países novos, que ainda não tínhamos visitado.

Mas e aí? Vai voltar por quê?
Como sempre fui transparente, volto a dizer que fui com vontade de ficar, mas o que eu esperava não foi o que realmente encontrei. Nas questões acima beleza, tudo é melhor claro, tudo mais organizado, bonito, etc.

Mas, uma série de paradigmas foram sendo quebrados com o tempo, no início era tudo maravilhoso, até que no terceiro mês: a Karen foi assaltada.

Sim, estou falando da Espanha, não do Paraguai. Nesse momento, um dos argumentos de morar na Europa tinha acabado de morrer, a segurança não é tão alta assim. Foi numa mesa de restaurante, uns adolescentes vieram, tocaram tudo na mesa, levaram o celular e fugiram. Na delegacia, nos disseram que não podiam fazer nada, que sabem quem são, mas são menores de idade, e que casos como o dela chegam naquela delegacia mais de 15 por dia (dia!!!).

Outra grande desilusão foi na questão do trabalho, eu trabalho pela internet, mas continuar levando dinheiro para a Espanha todos os meses eu teria que me legalizar como autônomo.

Se tornaria muito caro, a taxa mensal chega a €300 só para exercer como autônomo, além de pagar 30% de tudo o que você faturar por mês para a “Hacienda” (impostos). Meus ganhos pela internet, que em países de custo de vida mais baixo (como o Paraguai) é excelente, terminaria sendo cortado por impostos e taxas, finalmente não seria o suficiente para manter o estilo de vida que estamos acostumados.

A solução para meu problema era procurar um trabalho na minha área, num país onde o desemprego gira em torno dos 23%, sabendo que todos os meus 40 colegas de mestrado estavam desempregados e procurando uma oportunidade.

A melhor oferta de trabalho que recebi foi da Microsoft, para trabalhar no portal MSN.com, eram €12.000 brutos ao ano, isso daria menos de 1000 euros por mês, ou seja, praticamente nada.

Mas a Europa não é feita só de Espanha, não é mesmo? Ok, é verdade, eu considerei ir para Portugal, mas lá embora o desemprego seja menor, o salário mínimo é ainda menor que na Espanha. No meu caso o dinheiro não daria para viajar frequentemente, visitar a família de vez em quando, etc.

E Inglaterra, tem muita gente que vai pra Londres? Eu acho que mencionei em algum lugar que sou profissional, desejo trabalhar na minha área, investi milhares de euros num mestrado em Comunicação Digital e por essa razão não pretendo trocar de profissão.

Tem dezenas de países, inclusive a Itália (falo italiano), mas seria muito difícil eu me sobressair no mercado de trabalho, além da Karen (minha esposa) não poder exercer como advogada em nenhum deles.

Enfim, a experiência foi sensacional, mas dessa forma preferimos manter o alto padrão de vida no Paraguai, podendo viajar para a Europa, Estados Unidos ou seja lá onde quisermos uma vez por ano, viajando três ou quatro vezes por ano para o Brasil (é muito perto), tirando férias e empreendendo, fazendo meu horário, sendo meu próprio chefe, com a Karen trabalhando na área dela, todo mundo contente.

No final das contas, o Brasil está a um passo e sempre que temos tempo damos uma escapadinha para visitar a família, vamos de carro, sem gastar uma fortuna em passagens, e sem precisar esperar ter férias longas.

Fica a aprendizagem, muita gente acha que Europa e Estados Unidos é a solução de todos os problemas, mas somente ao viver lá você vai entender que nem tudo é perfeito, que algumas pessoas não conseguem ser felizes pois não encontram trabalho em sua área de estudos, pois o dinheiro não permite que tenham um lar, precisando compartilhar casa com estranhos, morando num quartinho, etc.

Esse é o problema do ser humano, nunca está satisfeito com o que tem, e sempre acha que o que o outro tem é melhor. Para refletir mesmo.

O paraguaio é um povo receptivo

Antes de me despedir, vou ressaltar que o povo paraguaio é muito amável e receptivo, sempre disposto a ajudar, gosta de um bom papo e tenta ao máximo fazer o estrangeiro sentir-se em casa, e eles conseguem, é bastante fácil se amigar e passar bem ao lado deles.

Considerações Finais

Talvez você esteja em uma situação melhor que a minha, quem sabe até você possa ser um mega empresário e virá para abrir mais um negócio. Talvez esteja numa situação pior, nada dando certo, governo não ajuda… mas reflita antes, essa decisão é importante mas não pode ser tomada no impulso.

Com todo respeito aos paraguaios que eventualmente vão ler este artigo, sei que vocês não vão gostar das verdades que eu estou expondo, mas essa vai ser uma atitude patriotista boba, pois o Paraguai não é a oitava maravilha do mundo, tem muitos problemas.

O paraguaio é extremamente patriota, o brasileiro não gosta e cai fora!

Vejo esse como um dos maiores problemas do Paraguai, o povo é muito orgulhoso de seu país, sendo assim tão “apaixonado”, fica até difícil identificar e lutar contra os problemas, eles fazem parte de uma cultura. Mas acreditem, são muitos.

costanera

Fica o alerta, se você vier para cá, venha preparado para investir, para ter um negócio, venha com dinheiro e poderá fazer muito dinheiro. Para quem está insatisfeito com o Brasil, passando dificuldades… longe de mim incentivar a imigração ilegal para a Europa e Estados Unidos, mas sem um bom projeto, vai ser melhor se aventurar por aquelas bandas.

Eu gosto do Paraguai, morei um terço da minha vida aqui. Que fique claro. Sei que alguns dos meus comentários estiveram no limite, entrei numa questão pouco aceita por aqui, você é estrangeiro e não pode criticar nada, pois se não gosta, vá embora.

Já ouvi várias vezes isso e não foi legal, pois minha ideia sempre foi de dialogar, de lutar para melhorar o ambiente em que vivo.

Eu sou nômade, tenho esse espírito, não me considero brasileiro, nem italiano, nem paraguaio, nem nada disso. Eu sou humano, em busca do meu lugar no mundo.

Entre idas e vindas já são 13 anos no Paraguai, indiscutivelmente acredito que para mim esse é o país que entrega a melhor relação custo x benefício x felicidade x oportunidades.

É isso pessoal, espero que tenham entendido o recado, grande abraço, fui!