Dicas para fazer as malas como um profissional e aproveitar melhor o espaço

Fazer corretamente as malas é realmente uma das tarefas mais importantes antes de sair para uma viagem, primeiramente devemos escolher bem as peças que levaremos, mas não podemos esquecer de guardar um espaço livre para as compras que iremos trazer para casa.

Neste artigo não falarei sobre o peso das malas, que é realmente um ponto muito importante, sobretudo quando viajamos em classe econômica e linhas aéreas baratas, este será assunto de um novo post.

No dia de hoje lhes darei dicas de como aproveitar melhor o espaço de uma mala, para que entrem mais roupas sem que fiquem amassadas.

Como fazer as malas para caber mais roupas?

Aprenda a fazer as malas como um profissional
Aprenda a fazer as malas como um profissional

Existem várias técnicas para fazer as malas que irão lhe ajudar a colocar mais roupas, uns dizem que enrolar as peças ajudará, outros ensinam formas diferentes de dobrar as roupas, não há ciência na hora de fazer as malas, mas sim, existem técnicas que funcionam melhor que outras.

O ponto fundamental na hora de fazer as malas é ter muita paciência, se estamos com pouco tempo ou realizando esta tarefa sem estar tranquilos, certamente será um desastre e o espaço da mala não irá render o suficiente.

Encontrei um vídeo na internet que irá lhe ajudar muito, mostrando uma excelente técnica de como fazer as malas para viagem, assista e aprenda.


* Veja como fazer as malas como um profissional no YouTube

A ideia por trás da técnica explicada no vídeo é combinar vários métodos, como o de várias camadas e também o de enrolar as roupas, no final, aplicando tudo o que o vídeo ensina você conseguirá incluir roupas para duas semanas de viagem em tão somente uma mala pequena.

Também existem outras técnicas, como por exemplo utilizar a sola dos sapatos ao seu favor, aproveitando como um separador.

A técnica do vídeo ensina como formar camadas com as roupas dispostas sempre no sentido oposto, ou seja, ao dobrar uma camisa coloque os braços para cima, a próxima camisa ficará com os braços para baixo, depois para a esquerda e por último para a direita, assim, o volume será bem distribuído e aproveitaremos melhor nosso espaço.

Devemos colocar em camadas mas sem dobrá-las, ao terminar de colocar todas as roupas abertas, adicionaremos uma “necessare” no centro, com nossos produtos de higiene pessoal, meias e roupas íntimas. Finalmente começaremos a dobrar, para formar um quadrado, que terminará com nossa primeira peça fechando a parte superior. Junte tudo e coloque no centro de sua mala, aproveite os espaços que sobrarão ao redor para adicionar outros produtos pessoais, sapatos ou chinelos.

Mas, não é tão simples como parece, pois temos diferentes tipos de roupas e precisamos saber de baixo para cima quais peças irão sendo adicionadas. Uma sequência que pode ser sugerida é:

  • Casacos;
  • Vestidos;
  • Camisas de mangas compridas (abotoadas);
  • Camisetas;
  • Calças;
  • Suéteres;
  • Shorts;

Com todas estas dicas, temos que destacar que ao dobrar as roupas desta forma elas não ficarão amassadas, o que é muito importante e tem tudo a ver com a forma que guardamos elas na mala, além de aproveitar bem o espaço, temos que otimizar de forma a não precisar passá-las cada manhã antes de sair para passear, muitas vezes os hotéis cobram pelo serviço de passar roupas, ou as vezes não oferecem este serviço, colocando à nossa disposição um ferro, mas isso certamente lhe consumirá um tempo precioso da viagem.

Dicas muito boas sobre malas de viagem:

Pense em viajar somente com a bagagem de mão, sobretudo se vai fazer compras no destino, uma mala de mão poderá ser suficiente para os primeiros dias de viagem e depois você poderá usar as roupas compradas, economizando muito no peso na viagem de volta.

Preencha sempre suas as informações pessoais no lugar indicado na mala, e mantenha um papel com informação de como devolvê-la em caso de que alguém encontre (no lado de dentro), é útil para casos como o de um passageiro que pegou sua mala por engano na saída do aeroporto.

Também muitos usam uma personalização na mala para conseguir vê-la desde longe, como é o uso de lenços coloridos, você pode fixar um lenço, uma fita, ou algum tipo de identificador em sua mala.

Outra dica fundamental é nunca, em hipótese alguma, deixar objetos de valor, jóias e eletrônicos em sua mala despachada, é normal saber de casos em que as malas são violadas nos diferentes aeroportos do mundo, com o objetivo de serem saqueadas. Objetos de valor sempre consigo.

Para finalizar com estas dicas, nunca deixe de levar em sua mala de mão, no caso de possuir duas, roupas de reserva, esteja sempre preparado para um extravio de bagagem, é mais comum do que você imagina. Normalmente as malas são encontradas, mas você pode passar 2 ou 3 dias sem conseguir retirá-la.

Agora, recomendo que você teste esta técnica e nos comente se teve sucesso.
Espero que tenhas gostado, grande abraço e boa viagem!

Comments

  1. Jevan Lopes

    Melhor forma é colocar as suas roupas em forma de “arquivo” cabe muito mais que imaginam e é fácil de tirar uma vez que elas ficam totalmente organizadas…

  2. MARIA CELIA DA SILVA

    Sempre que viajo, levo as roupas colocadas em sacos plásticos, visto que, em uma de nossas viagens, outra passageira do avião trouxe azeite de oliva na mala. O vidro quebrou e sujou muitas outras malas, inclusive a minha! Que transtorno! mala fedorenta de azeite de oliva, roupas manchadas, … enfim, empacoto tudo!
    abs

    1. Post
      Author
  3. Karine

    Acho o método do vídeo não funciona se você for passar uma ou duas noites em cada hotel. Imagina ter que desfazer metade da mala cada vez que for buscar uma pecinha de roupa no meio de tudo isso?!
    Dobrar com o mínimo de vincos possível e encaixar as peças é com certeza a melhor forma de levar um volume maior de roupas, mas sempre em separado. Também acho legal separar sapatos, meias e roupas íntimas em bolsos ou saquinhos diferentes.
    Peças menores e que podem amassar vão para os pequenos espaços que às vezes sobram nas laterais da mala ( no caso daquelas mais durinhas)e em forma de rolinho.
    Tem também os plásticos à vácuo. Ainda não testei, mas fiquei interessada no caso de levar casacos pesados. Só não sei o que fazer na volta quando não terei um aspirador em mãos e as malas sempre teimam em crescer! rs

    1. Post
      Author
      André Darugna

      Olá Karine, tudo bem?
      Na verdade as recomendações são genéricas, para tentar agradar a maior quantidade de turistas, se você for passar 2 dias em cada hotel, bom, pode complicar mas tente adaptar as recomendações para que funcionem em seu caso.

      Obrigado por comentar, grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *